26/01/2019 às 08h41min - Atualizada em 26/01/2019 às 08h41min

Blaymorphed traz seu tributo a Pearl Jam ao Udi Beer

ADREANA OLIVEIRA
A banda Blaymorphed começou sua trajetória de tributo ao Pearl Jam no ano 2000 em Santo André, no ABC Paulista | Foto: Divulgação

O legado da banda norte-americana Pearl Jam será celebrado nesta noite, no Udi Beer Festival. A banda que vem da chuvosa Seattle inspirou a Blaymorphed, de Santo André (SP), que desde 2000 tem se apresentado com o repertório da banda de Eddie Vedder e companhia por todo o País. A seriedade do projeto e a competência dos músicos já rendeu a eles o título de melhor cover de Pearl Jam da América Latina.

E hoje, finalmente, Uberlândia poderá conferir esse show, logo depois da Autopilots, no Udi Beer Festival, que tem patrocínio do Diário de Uberlândia. Aliás, a banda vem com expectativa dobrada e fôlego duplicado. Em outubro do ano passado eles vieram para a cidade e já no palco não puderam realizar a apresentação devido a um temporal. Parece até coisa de Seattle.

“Estamos com um espírito de revanche e com a potência redobrada para esta apresentação. Com chuva ou sem chuva esse show vai acontecer. A não ser que caia um meteoro por ai, o que acho bem difícil de acontecer”, brinca o carismático vocalista e guitarrista Sérgio Vedder.

Ao lado de Sérgio estão Samir Natali (baixo e voz), Victor Hugo (bateria, percussão e voz), Marcelo Yamakawa (guitarra solo) e Glauber Fiammetti (guitarra rítmica, violão e voz).

Famosa por shows longos e muito diferentes um do outro, o Pearl Jam chega a 28 anos de carreira com dez discos de estúdio e uma reputação intacta no mundo do rock. Surgiu no que ficou conhecido como onda grunge mas não parou no tempo. Hoje com Eddie Vedder (guitarra e voz), Jeff Ament (baixo), Stone Gossard e Mike McCready (guitarras), Matt Cameron (bateria) e o tecladista Boom Gaspar, que acompanha a banda desde 2002, eles têm uma das carreiras mais sólidas do show business.

“A relação deles com os fãs é uma coisa incrível, eles realmente se importam. Nunca foram do tipo astros do rock. A gente tenta levar isso para o palco com a maior fidelidade e respeito porque os fãs do Pearl Jam também são nossa família. As pessoas têm religião, nós temos o Pearl Jam”, disse Sérgio que comentou ainda que o show de hoje deve ter duas horas de duração.

Sérgio já assistiu a 45 shows do Pearl Jam, fora os solos de Eddie Vedder. Neste ano, durante apresentação de Eddie no Citibank Hall, ele foi convidado pelo músico a subir ao palco e ouvir algumas músicas ali. Depois, ainda voltou para cantar “Black”, ao lado do ídolo.

“Parece até coisa de filme, um sonho. Foi a segunda vez que cantei com ele e nenhuma delas foi combinada”, conta Sérgio. Essa amizade com Eddie, que ele chama carinhosamente de Professor, começou em 2015. Sérgio também é luthier e fez uma guitarra para Eddie, entregue em 2015, e outra para McCready, entregue em 2018. “No ano passado eles me deram credenciais de família para toda a turnê de 2018. Eu e minha namorada poderíamos ir a qualquer show da turnê, chegar 15 minutos antes e ir direto para o palco. Isso é muito surreal”, comentou Sérgio.

O músico elege “VS” (1993) como seu álbum favorito do Pearl Jam. “Nele está o baterista que considero o melhor que a banda já teve, o Dave Abbruzzese e minha música favorita, um B-side, ‘Hold on’”.

A noite começa com show de abertura da banda Autopilots.

SERVIÇO

O QUE: Udi Beer Festival
QUANDO: hoje e amanhã e domingo das 16h às 22h com exposição de carros antigos durante os três dias
ONDE: Estacionamento do Uberlândia Shopping
INGRESSO: 1kg de alimento não perecível
LOCAL DE TROCA: iBarbearia no Uberlândia Shopping ou na entrada do evento
CONFIRMAÇÃO DE PRESENÇA: https://bit.ly/2DcAcvo
ÁREA GASTRONÔMICA: presença de 30 cervejarias e 12 food trucks
CLASSIFICAÇÃO: livre

ATRAÇÕES MUSICAIS

HOJE

18h - Autopilots
20h - Blaymorphed (Pearl Jam Cover)

AMANHÃ

18h - Bandit
20h – Defuzz


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »