23/01/2019 às 07h58min - Atualizada em 23/01/2019 às 07h58min

Técnico do Verdão afirma que time precisa evoluir

Equipe fará novo amistoso contra o Carmelitano no Estádio Parque do Sabiá no próximo sábado

DA REDAÇÃO
Ademir Fonseca está confiante de que o time irá adquirir entrosamento e performance técnica | Foto: UEC/Divulgação
O técnico Ademir Fonseca confia na evolução do elenco do Uberlândia Esporte Clube, visando à estreia no Campeonato Mineiro – Módulo II, dia 9 de fevereiro, contra o Coimbra em Nova Serrana. O treinador fez uma avaliação do time depois do primeiro jogo-treino da temporada, no último sábado (19), contra o Paracatu (MG) no noroeste mineiro.  O Verdão acabou entrando um pouco devagar na partida, tomando dois gols nos primeiros quatro minutos. Acabou sendo goleado por 4 a 1 pelo Paracatu, que estreia no Campeonato Candango no próximo final de semana, e que antes havia vencido os dois amistosos frente à URT de Patos de Minas.

O treinador ponderou sobre o curto período de treinamentos do Verdão, a falta de entrosamento e que o time ainda ira evoluir na parte física. “Foi um jogo-treino depois de 14 dias de trabalho, com o cansaço de uma viagem de seis horas, mas estava programado e tínhamos que movimentar a equipe. Sentimos um pouco o primeiro tempo, principalmente, e vimos que precisamos trabalhar muito ainda. O time está um pouco desentrosado, tanto que tomamos dois gols por erros técnicos e coletivos, depois fizemos um pênalti e perdemos por 3 a 0. O segundo tempo, com um time diferente, o jogo foi mais equilibrado e com o time um pouco mais encorpado o resultado ficou no 1 a 1”, disse Fonseca, que analisa o resultado como normal para o primeiro jogo.

“Como início de trabalho, para nós, foi normal. O que não foi normal foram os erros em três minutos cruciais e, dessa forma, às vezes, atrapalha até o rendimento da equipe. Tenho confiança que o time seguirá adquirindo entrosamento e performance técnica.  Seguiremos testando as formações, pois ainda estamos em busca da equipe ideal, ou seja, o acasalamento das peças: um zagueiro que combina com o outro, o volante que tenha característica diferente do outro, os meias que se encaixam, os atacantes que se combinam. Esperamos, até o dia da estreia, encontrar esta formação ideal. Lógico que com 14 dias de trabalho, com uma carga alta de treinos físicos, é claro que o time não está pronto ainda. Se estivesse pronto, aí sim é que eu estaria muito preocupado”, afirmou o treinador.
 
SEGUNDO TESTE
 
Com a dificuldade de encontrar adversários para a realização de jogos-treinos e amistosos, já que a maior parte dos estaduais começa no próximo final de semana, a diretoria do UEC agendou um jogo-treino para o próximo sábado (26) contra uma equipe amadora. O Verdão enfrentará o Carmelitano, de Carmo do Paranaíba, equipe que se prepara para a disputa da Copa Amapar, uma das competições amadoras mais importantes da região do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba.  O jogo começa às 16h, no Estádio Parque do Sabiá, e a diretoria pede para que o torcedor leve dois quilos de alimentos não perecíveis, que serão destinados para a cozinha do clube.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »