15/01/2019 às 08h19min - Atualizada em 15/01/2019 às 08h19min

Dentil/Praia confirma contratação de Ednéia

Central de 39 anos já vestiu a camisa do Praia por duas temporadas

EDER SOARES
Ednéia teve atuação importante na conquista do terceiro lugar da Superliga Feminina 16/17 | Foto: Ascom/Praia
Com a lesão no joelho de Francynne, que não joga mais nesta temporada, o Dentil/Praia Clube precisou ir ao mercado e buscar mais uma central para completar o elenco. Dessa forma, a diretoria e o técnico Paulo Coco optaram pela experiente Ednéia, de 39 anos, que já defendeu as cores do Praia nas temporadas 2015/2016 e 2016/2017. Além da equipe uberlandense, a meio de rede vestiu também as camisa de grandes clubes brasileiros como Pinheiros (SP), Osasco (SP) e Minas, onde jogou por cinco temporadas. Além disso, ela defendeu equipes internacionais, como o Manokwari (Indonésia).

Pelo Praia Clube, Ednéia  ajudou na conquista de um Campeonato Mineiro, um vice-campeonato da Copa Brasil, o vice-campeonato da Superliga Feminina 15/16 e o terceiro lugar da Superliga Feminina 16/17. A jogadora não esconde a felicidade em vestir mais uma vez a camisa da equipe uberlandense. “Estou super feliz em retornar a essa casa tão especial que é o Praia. Vivi momentos vitoriosos durante minha passagem pelo time. Agora, quero poder agregar ao grupo da melhor maneira possível. Sem dúvidas, é diferente chegar agora em uma equipe que é a atual campeã, o que aumenta ainda mais a minha responsabilidade”,  afirmou Ednéia.

A jogadora já se encontra nas dependências do Praia Clube, onde  iniciará os treinos com e equipe. O clube ainda não informou se a jogadora estará disponível para a partida da próxima sexta-feira (18), quando abrirá o segundo turno da Superliga. O Praia receberá o Camboriú (SC), lanterna da competição, às 19h30, na Arena Praia.

O Dentil lidera a competição com 30 pontos (dez vitórias e uma derrota), dois à frente do arquirrival Minas Tênis, que segue colado em segundo lugar com 28. O Praia torce para que o Minas não vença o Barueri (SP) em duelo adiado da sexta rodada, que acontecerá na noite de hoje, na grande São Paulo. Se o Minas vencer, dependendo do saldo de sets, passará o Praia na tabela de classificação.

CLÁSSICO

Na última sexta-feira (11), pelo fechamento do primeiro turno, o Praia foi até o Rio de Janeiro, onde encarou o Sesc Rio e reeditou a final do último ano, quando o time uberlandense levou a melhor e conquistou o seu primeiro título brasileiro da história. Mais uma vez, o Praia levou a melhor e venceu o time carioca por 3 sets a 1, com parciais de 20/25, 25/16, 25/23 e 26/24.

Recuperada de um desconforto no joelho que a afastou do campeonato por quatro jogos, a central Fabiana participou de forma moderada pelo segundo confronto seguido. Ela comentou sobre a vitória do grupo de Uberlândia sobre o momento do time na competição.

“Quando começamos a errar menos e jogar melhor taticamente, o jogo melhorou para o nosso grupo. Joguei mais tempo na partida de hoje do que contra o Bauru e estou evoluindo gradativamente. Esse primeiro turno aconteceu junto com outras competições, foram muitas viagens e ainda não conseguimos estar com o grupo 100% completo. No entanto, posso dizer que fizemos um bom turno e agora temos que pensar em melhorar ainda mais”, disse Fabiana.
 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »