10/12/2018 às 07h27min - Atualizada em 10/12/2018 às 07h27min

Tibery bate o Floresta e conquista o bicampeonato do Campeonato Amador

Éder Soares
Jogadores e comissão técnica do Tibery comemoram título no Estádio Airton Borges (Vilmar Silva)
Depois de alguns contratempos, que teve suspensão de rodadas e até equipe entrando com ação do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) da Liga Uberlandense de Futebol (LUF), terminou a temporada 2018 do Futebol Amador. Tibery e Floresta fizeram uma partida equilibrada pela final da Divisão Especial, na manhã do último domingo (9), no Estádio Airton Borges. Mais concentrado, o Tibery levou a melhor, vencendo a disputa nas cobranças de pênaltis por 3 a 1. No Tempo normal, as equipes empataram por 1 a 1. Paulo Gomes abriu o placar para o Tibery aos 24 minutos do primeiro tempo, enquanto Rodrigo Mineiro, aos 26 da segunda etapa, empatou a partida.

Os jogadores do Floresta bateram muito mal os tiros livres diretos, com Guilherme Pitbull e Muller chutando para fora. Renan ainda defendeu a cobrança de Léo Mineiro e somente Charlim conseguiu converter para o Dragão da Vila. Já o Tibery marcou com Bodinho, Cabelinho e Paulo Gomes, terminando 3 a 1 para o Tibery, que comemorou o bicampeonato do Campeonato Amador, depois de 16 anos sem um título da Divisão Especial. O primeiro e único havia sido conquistado em 2002.

O meia Paulo Gomes, vice-artilheiro da competição com dez gols, comemorou muito o título. “Nossa equipe cresceu ao longo da competição. Deu liga, como se diz na gíria do futebol, e quando isso acontece é difícil segurar. O mérito desse título é de todos os jogadores, da comissão técnica e da diretoria que nos deu totais condições para que pudéssemos fazer o nosso melhor dentro de campo. Agora resta curtir muito este momento e pensar no próximo ano. Acho que o Tibery está no caminho certo para que possa fazer muita história na cidade”, disse.

Destaque na competição, o goleiro Renan agradeceu ao apoio da torcida. “A galera veio para o jogo no sentido de nos apoiar o tempo todo e isso foi fundamental na hora das cobranças de pênaltis também. Graças a Deus, a nossa equipe foi muito tranquila, eu consegui pegar um dos pênaltis e ajudar o Tibery, que mereceu este título por tudo o que fez ao longo da competição”, afirmou.
 
FICHA TÉCNICA FINAL

Tibery
Renan; Ferrari (Veím), Foguete, Thyagão (Gamarra), Rafael Assis (Anderson); André, Douglas, Douglas Souza (Paulo Henrique Cabelinho), Paulo Gomes; Perereca (Bodinho) e Lucas. Técnico: Carlos Guerra

Floresta
Douglas Alemão; Geyson (Juninho Ratinho), Thiago (Charlim), Junão e Paulo Ricardo; Fred, Guilherme Pitbull, Rodrigo Mineiro (Muller), Léo Mineiro; Fábio Souza (Júlio Goiano) e Flávio Henrique. Técnico: Carivan Cordeiro.
 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »