08/08/2018 às 08h23min - Atualizada em 08/08/2018 às 08h23min

Flamengo e Cruzeiro se enfrentam pela Libertadores

FOLHAPRESS
De Arrascaeta marcou na final da Copa do Brasil | Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro/Divulgação

Flamengo e Cruzeiro começam a disputar nesta quarta-feira (8), às 21h45, o único "mata-mata" entre brasileiros nas oitavas de final da Taça Libertadores da América. A primeira partida acontece no Maracanã, e o time carioca busca a revanche da derrota sofrida no ano passado, na final da Copa do Brasil. Na ocasião, o Flamengo chegou em um bom momento, mas perdeu na disputa por pênaltis que ficou marcada pelo goleiro Muralha caindo sempre para o mesmo lado nas cobranças -e errando. No primeiro jogo, no Maracanã, houve empate por 1 a 1, enquanto a volta, no Mineirão, terminou sem gols.

O Cruzeiro também levou a melhor em uma outra final de Copa do Brasil. Em 2003, a equipe liderada por Alex e dirigida por Vanderlei Luxemburgo ganhou por 3 a 1 no Mineirão e terminou a temporada com a "tríplice coroa", pois também faturou o Estadual e o Brasileiro. No retrospecto geral, porém, o duelo está empatado, com três vitórias em "mata-mata" para cada lado. O Cruzeiro ainda ganhou a semifinal da Copa do Brasil de 1996, e o Flamengo levou a melhor nas oitavas de 2013 e nas quartas de 1995 da Copa do Brasil e na semifinal da Supercopa da Libertadores de 1995.

Para encarar o Cruzeiro, o Flamengo tem um desfalque de peso. O meia Lucas Paquetá está suspenso por ter recebido o segundo cartão amarelo na última rodada da fase de grupos, contra o River Plate, em Buenos Aires. Ele deve ser substituído por Jean Lucas. A novidade entre os titulares é Vitinho. Ele teve a primeira oportunidade para sair jogando no sábado passado, contra o Grêmio, pelo Brasileiro, e deve ser o preferido para formar a dupla de ataque com Uribe. Na defesa, Réver e Léo Duarte estão de volta ao time. Vindo de uma derrota para o Grêmio, o técnico Maurício Barbieri não crê que isso vá atrapalhar os planos rubro-negros. "Estamos totalmente recuperados. Sabemos que não fizemos um jogo à altura do que poderíamos e esperávamos. E o Grêmio foi feliz na estratégia. Estamos focados no Cruzeiro", afirmou o treinador.

O Cruzeiro não tem problemas para a partida. O técnico Mano Menezes vem poupando jogadores durante o Brasileiro para ter força máxima nos duelos de "mata-mata". E assim vai ser no Maracanã, já que a Libertadores é a prioridade para o clube mineiro. Arrascaeta, um dos principais jogadores do time na temporada, está ciente da qualidade do adversário, vice-líder do Campeonato Brasileiro. "Tentaremos minimizar a característica positiva deles. São jogadores que se movimentam muito ou são muito rápidos, e vamos, obviamente, criar as chances para sair de lá com o resultado positivo."

A partida de volta entre Flamengo e Cruzeiro só acontecerá no dia 29, no Mineirão. O vencedor do confronto encara nas quartas de final o ganhador do duelo entre Libertad e Boca Juniors.

FLAMENGO
Diego Alves; Rodinei, Réver, Léo Duarte, Renê; Cuéllar, Jean Lucas, Diego, Everton Ribeiro; Vitinho (Marlos Moreno), Uribe. T.: Maurício Barbieri

CRUZEIRO
Fábio; Edilson, Dedé, Leo, Egídio; Henrique, Lucas Silva, Robinho, Thiago Neves, Arrascaeta; Barcos (Raniel). T.: Mano Menezes

Estádio: Maracanã, no Rio
Horário: 21h45 desta quarta
Juiz: Néstor Pitana (ARG)


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »