16/07/2018 às 08h02min - Atualizada em 16/07/2018 às 08h02min

Sonhos que começam nas pontas dos pés

Prêmio de dança e seletiva Young America Grand Prix movimentam a cidade

ADREANA OLIVEIRA | EDITORA
Registro do ballet "Giselle" (2017) com Luiza Boaventura e Eliabe (Kely Carvalho/Divulgação)
Nos últimos dias o Teatro Municipal de Uberlândia está muito mais vivo. Desde o dia 12 de junho centenas de bailarinos de vários estados do Brasil estão em Uberlândia para o Prêmio de Dança & Seletiva Youth America Grand Prix (YAGP), que acontece na cidade pela primeira vez. A competição internacional tem seu ápice em Nova York e quem chegar lá, além de feedback de grandes nomes da dança ainda pode ganhar bolsas para as escolas de dança de maior prestígio ao redor do mundo.

Além das apresentações e ensaios no Teatro Municipal, o auditório do Dmae, localizado bem perto do teatro, recebe aulas durante todo o dia. O vai e vem dos bailarinos colore o trecho da avenida Rondon Pacheco.
Dentro e fora dos prédios crianças e jovens que têm entre 9 e 19 anos de idade alternam aulas, ensaios e apresentações. O hall do teatro vira espaço para descanso, encontros e até para comprar algo que venha a faltar no figurino. Com aquela postura característica dos bailarinos eles entram e saem do palco com graça e os sonhos nas pontas dos pés. As modalidades contempladas são Ballet Clássico de Repertório; Contemporâneo, Jazz e Danças Urbanas.
Para Guiomar Boaventura, idealizadora e coordenadora artística do Prêmio de Dança e responsável pela seletiva do YAGP na cidade junto com a coordenadora Katty Houlis, essa é uma semente plantada. “Não sei se verei os frutos, mas é preciso fazer algo, é preciso ocupar os espaços que temos”, disse ela, também proprietária da Vórtice Escola de Danças.

Segundo Guiomar, há bailarinos de Fortaleza, Pernambuco, São Paulo, Minas Gerais, Goiás, Rio Grande do Norte, entre outros estados e a participação dos uberlandenses também é boa. “Conversei com algumas pessoas que gostaram muito da proposta, estão aproveitando as aulas muito atentas”, contou.

Renan dos Santos, 18 anos, veio com o Studio de Dança M&D de Praia Grande, litoral de São Paulo, para participar da seletiva. Foram dez horas de viagem de ônibus. “Nos apresentaremos em conjunto e a expectativa é grande. Estou bastante ansioso”, disse ele que neste ano foi para o YAGP em Nova York neste ano. Renan afirma ser bastante dedicado, são quatro anos de ballet e está pela primeira vez em Uberlândia.

Daniela Maria Almeida dos Santos, 14 anos, há aproximadamente sete anos no ballet, participa de sua primeira seletiva internacional. “Tem sido uma experiência muito boa, estou participando de várias aulas e tem sido enriquecedor”, afirmou.
Ao seu lado, Mariana Baraldi, 11 anos, oito deles dedicados ao ballet, experimentava uma bota aquecedora, algo desconhecido para a repórter. “Serve para aquecer sem sujar a ponta da sapatilha”, explica. Para ela, a dança dá lições que servem para toda a vida. Mariana afirma que nas aulas de Educação Física na escola ela apresenta muita resistência. Daniela cita também a evolução como pessoa.
As duas são alunas da Lume Casa Cultural, que fica na zona norte de São Paulo e chegaram em Uberlândia na quarta-feira para não perder nada. Para a diretora da escola, Nina Canadarai, seletivas como esta ajudam na formação do bailarino e enriquecem seu repertório.

JURADOS

Estava prevista para sexta-feira (13) a chegada de Larissa Saveliev, fundadora do YAGP, que faz parte do corpo de jurados. O concurso tem em média 10 mil concorrentes a cada ano, de escolas de dança de todo o mundo. Há audições em 25 cidades nos Estados Unidos e em outros oito países. Uberlândia foi a cidade escolhida para a seletiva brasileira neste ano. Aliás, muitos dos alunos de Guiomar já chegaram às finais em Nova York.
O grupo de jurados é completado por Cláudio Muñoz, com experiência de 20 anos no Ballet de Santiago, no Chile; Edna Carvalho, formada pela Escola Estatal de Ballet de Berlim; Tíndaro Silvano, que atuou nas Companhias do Palácio das Artes, Ballet Gulbenkian de Lisboa, entre outros.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »