11/07/2018 às 08h19min - Atualizada em 11/07/2018 às 08h19min

Uberlândia Lobos efetiva prata da casa como novo comandante

EDER SOARES | REPÓRTER
Técnico Diogo Sartini orienta equipe em treinamento no campo A do Parque do Sabiá (Divulgação)
O Uberlândia Lobos está de treinador novo para a sequência da temporada 2018. Depois de anunciada a saída de Lener Fernandes, o clube confirmou uma solução caseira para o cargo de comandante da equipe de futebol americano da cidade. Diogo Sartini passa ser o estrategista de fora das quatro linhas. Diogo está no time desde 2013 e chegou a atuar em outras áreas esportivas como o futsal e judô, mas sem nunca ter competido em alto nível.
Sartini, que é advogado formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), tem 30 anos, e assume a área técnica do Lobos pela primeira vez. Ex-assistente técnico de Lener Fernandes, Diogo garante estar empolgado com a nova função e pronto para o desafio. Ele tem como meta fazer um bom trabalho na equipe, juntamente aos seus treinadores auxiliares. “Em 2015, eu comecei como coordenador das categorias de base e isso ampliou muito os meus horizontes. É uma situação que eu já planejava antes, de ir mais para a área técnica e conto com a ajuda de todos para que juntos possamos crescer como equipe”, disse Sartini.

O novo treinador do Lobos falou ainda sobre a estada Lener Fernandes e importância do trabalho do antigo coach. “A vida do Lener foi no sentido de qualificar nossos atletas e também de já preparar uma transição. A gente não sabia quanto tempo duraria a estada dele, mas deixamos em aberto. Quando o Lener começou a me procurar e disse que tinha outros projetos, nós pensamos em outras pessoas para este cargo de treinador, mas esbarrava em algumas situações. Como eu já tenho um tempo no time e um bom relacionamento com todos, veio o convite da diretoria”, afirmou.

Sair de dentro do campo e passar a trabalhar fora dele, é um desafio que Sartini não teme. “Com 30 anos, eu poderia ainda render como atleta, mas em dois ou três anos eu teria que romper com o time para ser útil de outra forma. Então eu preferi antecipar essa parada para poder pegar esta geração que agora temos nas mãos, que quer aprender e fazer a diferença, pois já me sentia preparado para assumir essa função”, disse.

Este ano, o Lobos passou a maior parte do tempo fazendo trabalhos de fundamentos para chegar forte nas competições do segundo semestre e realizou dois amistosos. O time tem como principal desafio na temporada a disputa da Copa Mogiana, competição disputada por equipes do interior de São Paulo e Minas Gerais. A competição começa no mês de agosto. “Nosso objetivo é fazer um bom trabalho, nos classificar para a segunda fase da Mogiana e quem sabe fazer a final. Sendo muito realista, com as mudanças, é ter um time bem treinado para que no ano que vem possamos disputar títulos”.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »