18/06/2018 às 07h48min - Atualizada em 18/06/2018 às 07h48min

Gisele fala da vida nos EUA à “Vogue”

FOLHAPRESS
                                                                                                                                                      Divulgação
                                                           

                                                           Gisele na capa da “Vogue” na qual ela destaca sustentabilidade

Gisele Bündchen abriu sua mansão em Boston, nos Estados Unidos, para uma entrevista em vídeo da revista "Vogue", publicação para a qual ela posou para capa na edição deste mês. É possível ver o tamanho da gigantesca residência que ela vive com o marido, Tom Brady - que aparece no vídeo e troca beijos com a modelo -, e os filhos Vivian, de 5 anos, e Benjamin, de 8.

A caçula também deu o ar da graça no registro e ficou abraçada com Gisele, que falou com ela tanto em inglês, quanto em português. Nesse momento, a modelo ainda prepara um chimarrão e oferece ao repórter.

No "pingue-pongue", em que respondeu a 73 perguntas, Gisele revelou algumas curiosidades como ter participado da abertura das Olímpiadas no Rio, em 2016, ter sido o momento mais marcante em sua carreira; que já fez cerca de duas mil capas de revistas e que gostaria de saber balançar os quadris como a Shakira. "Mas estou trabalhando nisso", avisou ela.

Gisele ainda revelou que apesar de morar há 10 anos em Boston, tem dificuldade em pronunciar a palavra "worlds" ("mundos", em inglês). "Falei bem?", perguntou ao repórter.

Sobre Brady, Gisele contou que o jogador odeia andar descalço e que a ensinou a dizer "não", assim como ele aprendeu com ela a reciclar. A modelo ainda relatou como foi o pedido de casamento, que teve até uma "pegadinha".

"Quando ele me propôs, ele inventou toda uma história de que meu apartamento estava inundando e eu corri para lá para tentar consertar a situação. Quando cheguei lá, o apartamento inteiro tinha velas e pétalas de rosas por toda parte e depois ele se ajoelhou para me pedir em casamento. Ele tinha acabado de fazer uma cirurgia e chegou a ter três infecções por estafilococos. Então eu fiquei tipo: 'Levante-se! O que você está fazendo?'. E ele respondeu: 'Eu tenho que ficar de joelhos'. Eu falei: 'Não, não, não, levante-se, por favor!' E aqui estamos", relembrou.
 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »