12/06/2018 às 12h02min - Atualizada em 12/06/2018 às 12h02min

Agente conversa com clubes para avançar venda de Róger Guedes

Atacante deve deixar o Galo rumo aos Emirados Árabes

FOLHAPRESS
A venda de Róger Guedes para os Emirados Árabes está muito perto de se sacramentar. Atlético-MG, Palmeiras, Criciúma e agentes do atleta acertam detalhes da negociação que pode tirar o artilheiro do Brasileiro do país.

Nenhum acordo foi fechado, mas não faltam pretendentes para levar o garoto de 21 anos. Paulo Pitombeira, seu agente, está na Suíça e tem retorno previsto para o Brasil na noite desta terça-feira (12).

Após pisar no solo brasileiro, o empresário irá se reunir com diretores do Palmeiras para apresentar quatro propostas pelo atacante. Ele também vai se encontrar com a cúpula do Criciúma e, na quinta-feira (14), irá a Belo Horizonte para conversar com o presidente atleticano, Sérgio Sette Câmara.

Todas as quatro propostas por Róger Guedes são dos Emirados Árabes. Uma delas é a do Al-Wehda, o novo clube de Fábio Carille, considerado o favorito. A oferta feita supera ligeiramente os US$ 6 milhões (R$ 22,2 milhões), valor pago pela diretoria para tirar Yimmi Chará do Junior Barranquilla, da Colômbia.

Outro interessado em levar o jogador é o Al-Hilal, também da Arábia Saudita, disposto a pagar cerca de cinco milhões de euros (R$21,8 milhões). Deste montante, o Atlético tem direito a 10% do montante total como taxa de vitrine.

O próprio atleta pediu ao empresário para aguardar o último jogo antes da parada da Copa do Mundo antes de avançar nas tratativas. Apesar da possibilidade iminente de transferência, os agentes acreditam que uma mudança para o mundo árabe iria atrapalhá-lo no futuro por considerar o atacante jovem demais e com chances de jogar em um clube europeu.

Apesar do cenário desfavorável, o Atlético ainda tenta fazer um acordo com o Palmeiras para tentar segurar Róger Guedes até o final do ano. Contudo, o clube sabe da possibilidade real de transferência caso Róger receba uma proposta com vencimentos na casa de R$1 milhão. Além disso, uma eventual proposta da Europa também dificultaria muito a permanência, já que é o sonho do atleta atuar no velho continente.

Embora o estafe já trate o assunto com os clubes envolvidos e tente avançar na venda, Róger Guedes e Atlético-MG evitam se pronunciar sobre o caso. Ambos têm um pacto de falar do tema somente após o jogo contra o Ceará, nesta quarta-feira (13), na Arena Independência. Desta forma, o jogador pode fazer a sua despedida do Atlético no duelo válido pela 13ª rodada e desfalcar o clube a partir do retorno para a Copa do Mundo.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »