02/06/2018 às 11h45min - Atualizada em 02/06/2018 às 11h45min

Seleção enfrenta Modric, exemplo de ritmista para Tite

FOLHAPRESS
FIFA/DIVULGAÇÃO
Tite vai enfrentar a partir das 11h deste domingo (3) um jogador que tem as características que procurou por tanto tempo: Modric. O técnico da seleção brasileira fez os torcedores se acostumarem com o termo "ritmista" na reta final de preparação para a equipe que vai disputar a Copa do Mundo e sempre teve o croata como um dos exemplos para a função.

O termo é adaptado das escolas de samba e é usado para apontar quem são os responsáveis pelo ritmo do bloco carnavalesco. No futebol, serve para o jogador que sabe atuar no meio-campo em diferentes funções. Consegue roubar a bola, mas também sabe dar o passe que pode iniciar a construção do gol. Sabe também a hora de fazer uma falta para parar o jogo ou a hora de aparecer na área como um pivô. Já em novembro de 2016, em entrevista ao UOL, Tite havia elogiado bastante Modric. "Jogador completo. Tem muita mobilidade, jogada curta e larga, bate com as duas pernas, decide. Reúne talento com mobilidade, dita o ritmo".

Rodriguinho, Lucas Lima, Arthur e Diego são exemplos de nomes que foram observados pela comissão técnica para cumprir uma função parecida com a que o croata exerce no Real Madrid, deixando de lado a grande diferença de nível técnico que há nesta comparação.
Em entrevista concedida em fevereiro deste ano, Tite havia explicado a sua obsessão por um atleta que pode exercer esta função. Fred é o nome que acabou ganhando essa concorrência.

"O Modric joga no segundo terço do campo. O Arthur e o Fred são nomes que também jogam ali. O Diego joga no terceiro terço, mas eu acho que ele pode jogar no segundo e até joga assim agora com o Carpegiani (técnico do Flamengo na época) por conta da alternância de movimentos com o Paquetá. Com o Roger Machado, Lucas Lima também vai jogar desta forma. O Hernanes, na época do São Paulo, também jogava assim", analisou na ocasião.

Segundo a imprensa croata, é possível que Modric jogue apenas os 45 minutos iniciais. O amistoso em Liverpool, na Inglaterra, é o penúltimo teste de Tite antes da Copa do Mundo. Depois, no outro domingo (10), a seleção viaja para enfrentar a Áustria, em Viena.
Na sequência, viaja para Sochi, cidade que usará como base na Rússia durante o Mundial. A estreia está marcada para o dia 17 de junho, em Rostov, contra a Suíça. Costa Rica e Sérvia são os outros adversários da primeira fase.
 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »