12/05/2018 às 05h48min - Atualizada em 12/05/2018 às 05h48min

Uberlândia deve manter a mesma escalação em casa

Nova vitória amanhã diante do Americano garante classificação antecipada na 2ª fase

ÉDER SOARES | REPÓRTER
Verdão é líder do grupo A13, com sete pontos; escalação só será conhecida na hora do jogo | Foto: Éder Soares
 
O técnico Felipe Surian esconde a estratégia que utilizará contra o Americano no duelo de amanhã, às 16h, no Estádio Parque do Sabiá. As equipes voltam a se enfrentar, dessa vez pela rodada que abre o returno do grupo A13 do Campeonato Brasileiro – Série D. Enquanto o Verdão lidera a chave com sete pontos e poderá até conseguir a classificação antecipada em caso de vitória, o time carioca jogará as suas últimas fichas na competição. Caso saia derrotado, a equipe de Campos, terceira colocada com dois pontos, poderá dar adeus ao certame.

Na partida do último domingo (6), em Macaé (RJ), o Americano saiu na frente, mas tomou a virada do Verdão, que venceu por 2 a 1. Felipe Surian surpreendeu ao trocar duas peças na equipe. Edmário entrou na zaga, no lugar de Alemão, enquanto na lateral-direita, Carlinhos ocupou a vaga de Cesinha. O intuito de Surian foi de aumentar a estatura da defesa do Verdão, em virtude do forte jogo aéreo do adversário. 

Para este domingo, a tendência é que o treinador continue com a mesma equipe, mas ele não descarta voltar com Alemão e Cesinha, já que o Parque do Sabiá conta com um gramado pesado.  No entanto, um time mais leve poderá levar vantagem em termos de velocidade diante do Americano, que tem uma equipe mais pesada fisicamente.

“Na verdade, temos a definição da equipe, mas para evitar dar informações ao adversário, vamos divulgar a escalação somente na hora do jogo. Sabemos que o Americano deverá arriscar mais, até mesmo porque não tem alternativa. Estamos bem preparados para essa partida. Diante da nossa torcida, teremos um incentivo a mais para fazer um grande jogo e consequentemente, conseguir mais uma vitória”, disse Surian.

O zagueiro Rogério foi o autor do gol que decretou a vitória do UEC no primeiro confronto. Apesar de acumular passagens pelo clube nos anos de 2005, 2011, 2017 e agora em 2018, foi o primeiro tento dele anotado com a camisa do Verdão. Se tiver oportunidade, ele espera ir novamente às redes.

“Sempre marquei os meus golzinhos pelas equipes por onde passei.  Realmente faltava fazer pelo Uberlândia. Graças a Deus, eu pude ajudar o time em um momento difícil. Nesse jogo espero ajudar a vencer novamente, seja da forma que for. Se puder marcar mais uma vez seria ótimo, mas o que importa mesmo é que o time ganhe independentemente de quem fizer os gols”.
 
FICHA TÉCNICA 

UEC
 
Roni Turola; Carlinhos (Cesinha), Rogério, Edmário (Alemão) e Airton; João Paulo, Arilson e Ewerton Maradona; Jarlan, Tiago Amaral e Tito.
Técnico: Felipe Surian
 
Americano
 
Luiz Henrique; Valdir, Admilton, Espinho e Ramon; Marcus Vinícius, Vandinho e Paulo Vitor; Rafinha, Cláudio Maradona e Maikon Aquino.
Técnico: José Teixeira
 
GRUPO A12

URT vai ao Rio precisando de vitória

Precisando de uma vitória, a URT está no Rio de Janeiro para enfrentar o Macaé, amanhã, às 15h30, no Estádio Moacyrzão. O time de Patos de Minas foi derrotado por 2 a 1, pelo próprio Macaé, no último domingo (6), em Patos.  A equipe carioca lidera o grupo A12 com sete pontos.

Na segunda colocação com quatro pontos, o Trovão Azul poderá sair da zona classificatória, caso perca mais uma vez. O Itumbiara (GO) tem a mesma pontuação da URT e joga em casa, amanhã, contra o lanterna Espirito Santo.

A semana foi bastante conturbada pelos lados do Estádio Zama Maciel. Depois da derrota para o Macaé, e diante a muitos xingamentos por parte do torcedor azul, o técnico Rodrigo Santana reclamou de dois meses de salários atrasados, situação que foi admitida pela diretoria da URT, que prometeu quitar os valores o quanto antes.

Dentro das quatro linhas, o treinador faz mistério e não dá dicas de qual equipe escalará para enfrentar o Macaé.  “O que importa é que do mesmo jeito que eles nos venceram, em Patos, nós temos amplas condições de também vencer jogando em Macaé. É claro que precisaremos estar mais atentos quando surgirem as oportunidades de gol. A equipe está tranquila. Perdemos um jogo, o que foi complicado, mas ainda temos mais três jogos pela frente e precisamos buscar os pontos perdidos”, disse Santana.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »