25/04/2018 às 18h06min - Atualizada em 25/04/2018 às 18h06min

Nova saga dos Vingadores chega aos cinemas

RODRIGO SALEM | FOLHAPRESS
Filme traz diversos personagens dos estúdios Marvel | Foto: Divulgação

Em dez anos de atuação, a Marvel saiu de um pequeno filme (“Homem de Ferro”) para o ineditismo da criação de um universo interligado e coeso, tornando-se a maior franquia da história do cinema.

“Vingadores: Guerra Infinita”, que chega nesta quinta-feira (26) aos cinemas, é mais do que um filme. É o que nos quadrinhos costumam apelidar de “crossover”, eventos anuais que chacoalham o universo das editoras com a participação de todos os protagonistas possíveis e um fim que muda o cenário para todo o sempre - ou até o próximo “crossover”.

A missão dos Irmãos Joe e Anthony Russo na direção não era fácil. A dupla precisou conduzir uma orquestra numerosa, fazer aventuras passadas na Terra e outros planetas terem sentido e não deixar o público se perder em meio a tantos personagens e tramas. A boa notícia é que eles conseguiram.

Thanos (Josh Brolin) é um semideus de Titã que planeja reunir as seis joias do infinito para tornar sua missão mais rápida: eliminar metade da população do universo para os mundos poderem prosperar em paz. Apesar da motivação batida, o vilão funciona devido à interpretação de Josh Brolin e sua relação com a filha, Gamora (Zoe Saldana).

O longa começa já mandando o recado de que não será um filme da Marvel sem consequências. Encontramos Thanos torturando Thor (Chris Hemsworth), Hulk (Mark Ruffalo), Loki (Tom Hiddleston), Heimdall (Idris Elba) e os sobreviventes de Asgard para recuperar uma das joias. Não há tempo de respirar numa sequência brutal e trágica, essencial para elevar os riscos de “Guerra Infinita” e mostrar que mortes farão parte dessa trama. Espere o inesperado.

“Vingadores: Guerra Infinita” está em cartaz nas redes Cinépolis e Cinemark, em Uberlândia. Confira salas e horários.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »