03/04/2018 às 00h56min - Atualizada em 03/04/2018 às 00h56min

Osasco derrota o Praia e empata a série semifinal

ÉDER SOARES | REPÓRTER

Tudo igual na série melhor de cinco pelas semifinais da Superliga Feminina de Vôlei. Em um jogo muito disputado, na noite de ontem, na região metropolitana de São Paulo, o Osasco bateu o Dentil/Praia Clube por 3 sets a 1, empatando em 2 a 2 a disputa. As parciais foram de 31/29, 27/25, 24/26 e 25/19. A oposta Tandara, do Osasco, foi eleita a melhor jogadora em quadra. Com 36 pontos anotados, ela levou para casa o Troféu Viva Vôlei.

As equipes farão o quinto e último confronto na próxima sexta-feira (6), às 19h, na Arena Praia. Quem vencer o jogo avançará para a grande final, que já tem como primeiro classificado o Sesc Rio, que eliminou o Minas Tênis por 3 jogos a 0.

“A série é muito equilibrada. Sabíamos de todas as dificuldades e que o jogo seria decidido nos mínimos detalhes. Agora temos que descansar, ver os nosso erros para que, jogando em casa, possamos vencer e conseguir nosso maior objetivo, que é passar para a final”, disse a ponteira do Praia, Fernanda Garay.

O JOGO

No começo da partida, a defesa do Osasco fez a diferença, o que levou o time a abrir 6 a 3. O Praia conseguiu se recuperar e empatar a partida (9 a 9), mas a equipe voltou a sentir o saque do time paulista, que saltou novamente à frente (12 a 9). Em um ace de Amanda, o Praia passou à frente (17 a 16). A partida seguiu muito equilibrada, ponto a ponto, e depois de muitas viradas, o Osasco fechou em 31 a 29.

Veio o segundo set e o equilíbrio entre as equipes voltou a ser a tônica do jogo (5 a 5). O Praia voltou a se desconcentrar e cometer erros cruciais em sua linha de passe, o que levou o Osasco a abrir 8 a 5. O Praia correu atrás e, em um ataque de Nicolle Fawcett pela ponta, empatou a partida (15 a 15). Mas mais uma vez o saque do time paulista fez a diferença, agora aliado ao bloqueio, que não deixou solto os ataques do Praia. Com isso, as donas da casa passaram à frente e fecharam por 27 a 25.

No terceiro set, o Praia voltou com Ellen no lugar de Fawcett. O time decidiu apostar nas bolas pelo meio com Fabiana, situação que deu certo. Com três pontos assinalados, ela colocou o Praia na frente do placar (6 a 5). O jogo seguia equilibrado, mas os erros de ataque do time uberlandense voltaram a acontecer e o Osasco se aproveitou para passar à frente (13 a 9). Com um bloqueio de Fernanda Garay em cima de Tandara, até então a melhor jogadora da partida, o Praia empatou o jogo (17 a 17). Como nos outros sets, o placar foi definido nos detalhes e dessa vez foi o Praia quem venceu (26 a 24).

No quarto set, o Praia entrou em quadra agressivo, sacando bem e atacando com muita força, o que levou a equipe a abrir 3 a 1. Com um bom volume e jogo, o Praia abriu boa vantagem (10 a 7), mas sacando com muita qualidade, o Osasco virou (15 a 14). Apesar de tentar uma reação, o Praia não fez o suficiente para segurar o volume de jogo do Osasco, que fechou o set por 25 a 19 e o jogo por 3 sets a 1.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »