02/04/2018 às 12h06min - Atualizada em 02/04/2018 às 12h06min

Ginasta de Uberlândia vai para o Cirque du Soleil

Por vários anos, Gabriel Henrique enviava vídeos para a companhia canadense

MARIELY DALMÔNICA | REPÓRTER
Há três anos Gabriel Henrique entrou para a Escola Nacional de Circo no Rio de Janeiro | Foto: Divulgação

Gabriel Henrique, de 22 anos, sonhou desde a infância em fazer parte do Cirque du Soleil. Neste mês, o jovem realizou este desejo e está se preparando para finalmente ser integrante da companhia Canadense. O ginasta Uberlandense começou cedo, aos 12 anos entrou para a ginástica, treinava quatro horas por dia na escolinha e mais quatro horas em casa. “Comecei a pesquisar, consegui meus aparelhos e aprendi muita coisa sozinho”, contou.

Gabriel saiu da ginástica, mas continuou treinando em casa e se tornou professor. Há três anos entrou para a Escola Nacional de Circo no Rio de Janeiro e foi
selecionado para ir para a França se apresentar. No ano passado, Gabriel partiu novamente em turnê sem deixar o seu grande objetivo para trás. “Eu sempre corri atrás disso, desde os 16 anos envio vídeos para o Cirque du Soleil”.

Neste ano, o jovem que atualmente dá aulas particulares e workshops, teve a chance de fazer um teste presencial para a companhia, que faria uma seleção no país. “Mandei um vídeo em fevereiro e me chamaram para comparecer no Rio de Janeiro em três dias”. Foram dois dias de seleção e Gabriel não perdeu a esperança em momento algum. “Quando terminei minha apresentação vi que tinha me saído bem, mesmo com toda a exigência da equipe eu consegui”.

Mara Rúbia, mãe de Gabriel conta que essa realização e só o início de um sonho. “Ele é um menino muito esforçado, treinava todos os dias e nunca perdeu nenhuma oportunidade”, contou a mãe orgulhosa. Mara diz que está muito ansiosa e se preparando para quando o filho for integrar a companhia. “Estou extremamente feliz, o sonho dele é o meu sonho e a gente está junto nessa conquista”.

O pai de Gabriel, Edson Alves, contou que a família toda está orgulhosa. “Meu filho sempre foi um exemplo de confiança e realização. E hoje ele se tornou inspiração para vários jovens e crianças”.

O jovem ginasta foi selecionado neste mês e continua focado no trabalho enquanto não é chamado para finalmente integrar a equipe do Cirque du Soleil, que fica em Montreal, no Canadá. Gabriel ainda deu um recado para todos que tem um sonho: “O segredo é não desacreditar”.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »