26/03/2018 às 21h53min - Atualizada em 26/03/2018 às 21h53min

Praia perde para o Osasco e empata série

Time paulista foi mais preciso e saques fizeram a diferença a favor das vencedoras da segunda partida

ÉDER SOARES | REPÓRTER
Praia foi derrotado pelo Osasco por 3 sets a 1 no ginásio José Liberatti | Foto: João Pires/Fotojump

O Dentil/Praia Clube foi irreconhecível na noite de hoje, na região metropolitana de São Paulo e foi derrotado pelo Osasco por 3 sets a 1 no ginásio José Liberatti. As parciais foram de 25/17 – 25/23 – 20/25 e 25/14. Com o triunfo paulista, está empatada em 1 a 1 a série melhor de cinco das semifinais da Superliga Feminina de Vôlei. Na noite da última sexta-feira (23), em Uberlândia, o Praia havia vencido por 3 sets a 2.

A oposta Tandara, do Osasco, foi eleita a melhor jogadora em quadra e levou para casa o troféu Viva Vôlei. As equipes voltam a se enfrentar na próxima sexta-feira (30), às 21h30, dessa vez na Arena Praia.

“Fizemos um jogo bastante atípico, muito abaixo daquilo que temos capacidade para jogar. Sabemos que é uma série muito equilibrada e que precisamos levantar a cabeça para que agora, jogando em casa, possamos reencontrar o nosso melhor voleibol e consequentemente vencer a partida”, disse a ponteira do Praia, Fernanda Garay.

A partida começou forte para as paulistas com o Osasco abrindo 2 a 0. Contando com as falhas de ataque das adversárias, o Praia se recuperou e virou o placar (4 a 2). A partida seguia equilibrada, mas o bloqueio do Osasco, principalmente com a central Bia, que chegou à marca de 100 bloqueios na competição, começou a parar o ataque do Praia, que ficou atrás do placar (14 a 10). O saque do Osasco foi o que fez mesmo a diferença no set, enquanto o passe praiano simplesmente não funcionou. Assim, sem encontrar poder de reação do Praia, o Osasco fechou o set em 25 a 17.

No segundo set, o Praia voltou determinado a empatar a partida. Com Nicole Fawcett inspirada e com ataques precisos, o time uberlandense abriu 6 a 3. Depois de estar à frente do placar a maior parte do jogo, o Osasco voltou a forçar o saque, com isso a equipe retomou à frente do placar (16 a 14). O set seguiu emocionante até o final, mas o Osasco mais equilibrado e com um volume de jogo melhor manteve sempre um ponto à frente, até fechar o set em 25 a 23.

Vindo para o tudo ou nada, o Praia voltou aceso no terceiro set e jogando como ao longo da Superliga, abriu 5 a 1 sobre as paulistas se aproveitando principalmente do poderio ofensivo da dupla Fernanda Garay e Fawcett. Com o bloqueio forte o Praia confirmou a sua melhor passagem na partida fazendo 11 a 5. Quando não eram as bolas pelas pontas com Garay e Fawcett, os pontos vinham com Fabiana, pelo meio. Assim o Praia levou a vantagem até vencer o set por 25 a 20.

No quarto set, parecia que o Praia começaria ligado, assim como no terceiro, mas o que se viu foi o Osasco melhor e comandando as ações. O ataque praiano não conseguia passar pelo forte bloqueio paulista, que seguia tomando distância no placar (10 a 5). Sem reação no jogo e assistindo ao grande jogo praticando pelo Osasco, o Praia não teve o que fazer. Embalado pela torcida, o Osasco venceu o set, fácil, por 25 a 14 e o jogo por 3 sets a 1.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »