22/03/2018 às 05h04min - Atualizada em 22/03/2018 às 05h04min

Leoni se apresenta com entrada franca

Autor de grandes hits, o cantor é atração nas comemorações de seis anos do Uberlândia Shopping

ADREANA OLIVEIRA | EDITORA
Leoni apresenta grandes sucessos logo mais no Uberlândia Shopping | Foto: Divulgação

Cantor e compositor de mão cheia e dono de hits atemporais como “Só pro meu prazer”, “Garotos II” e “Dublê de corpo”, na internet, um músico engajado e sempre pronto a discutir os rumos do mercado fonográfico. Com talento e simpatia Leoni volta hoje a Uberlândia, onde se apresenta no aniversário de seis anos do Uberlândia Shopping, com entrada franca, no projeto Uberlândia Cultural.

“Uberlândia é uma cidade na qual volto com certa frequência, felizmente. Tem um público carinhoso e acolhedor que eu adoro”, disse o músico em entrevista por telefone ao jornal Diário de Uberlândia. Sobre o repertório, os fãs podem esperar sucessos para cantar junto, não só de Leoni como de outros artistas. “Fiz um show no qual reúno música e poesia que contempla músicas de outros artistas, algo que quase nunca fiz e achei interessante, vai ter um pouco disso também”, adiantou.

Leoni fez parte de duas representativas bandas de rock nacional, O Kid Abelha e os Abóboras Selvagens (1984-1985) e Heróis da Resistência (1986-1990) e soma sete álbuns na carreira solo. O mais recente CD, “Notícias de mim” (2015), teve financiamento coletivo via Catarse. “Me surpreendeu conseguir captar porque CD hoje está em extinção. Paguei músicos, um bom estúdio com sessões de cordas e metais, como se estivesse em uma grande gravadora. O CD em si creio que não foi o primordial para as pessoas apoiarem o projeto, mas sim as recompensas. Tinha almoço comigo, visita ao estúdio de gravação”, contou o artista.

Leoni não sabe se lançará outro CD. “Vou continuar produzindo, lançarei músicas e as pessoas ouvem da forma que quiserem”, disse ele que no dia 6 de abril lança, em parceria com Léo Jayme, “A fórmula do amor 2”. Tem ainda novas parcerias com Frejat, com quem Leoni fez a trilha sonora para o filme “Intimidade entre estranhos”, inspirado em uma música deles. E não para por aí. “Montei a banda Hipopótamo Ralado com o poeta Fabiano Calixto e os músicos Lourenço Monteiro e Humberto Barros. Tem uma pegada mais eletrônica e obscura, nada otimista”, contou Leoni.

E o artista não vê como positivo o cenário atual brasileiro. “Temos que recomeçar a imaginar o Brasil, porque para mim os próximos anos já estão perdidos. Houve uma ascensão do ódio, do radicalismo. Todo mundo tem opinião, mas não quer ouvir os outros”, diz Leoni. Para ele, é preciso imaginar um país para todos e não focar somente na sua verdade. “É um momento complicado no mundo. Tem um movimento forte de tentativa de desmerecer pessoas e profissionais que foram importantes para ajudar a sociedade a encontrar valores como artistas, jornalistas, pensadores. Por outro lado, é preciso lembrar que é na escuridão que começa a surgir a luz”, finalizou.

SERVIÇO

O QUE: Uberlândia Cultural
QUEM: Leoni
QUANDO: hoje, às 19h30
LOCAL: Praça de Alimentação do Uberlândia Shopping (Av. Paulo Gracindo, 15, Morada da Colina)
ENTRADA FRANCA
INFORMAÇÕES: 4003-7860
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »