15/03/2018 às 05h50min - Atualizada em 15/03/2018 às 05h50min

Série D é a chance de salvar o ano para o Verdão

Uberlândia pode ficar por 3 anos fora de uma competição nacional se não ficar entre os 4 no torneio

ÉDER SOARES | REPÓRTER
Roni Turola diz que time tem de dar o sangue pelo acesso | Foto: Fernando Aquino/UEC
 
O rebaixamento para o Módulo II do Campeonato Mineiro ainda não foi digerido pelo torcedor do Uberlândia Esporte Clube, que aguarda o reinicio dos treinamentos visando à estreia no Campeonato Brasileiro – Série D, que começa no dia 21 de abril. Para muitos, agora, conquistar o acesso para a terceira divisão nacional se torna uma obrigação para tirar um pouco o gosto amargo do quinto descenso do UEC em 21 anos.
 
Caso o Verdão não consiga terminar a Série D entre os quatro semifinalistas, poderá demorar até três anos para que ele tenha uma nova oportunidade de disputar uma competição nacional, alimentando o sonho de um dia chegar à Série B do Brasileiro, desejo de consumo de muitos clubes pequenos e médios do futebol nacional, em função da rentabilidade financeira que inclui o pagamento de elevadas cotas de TV e ajuda de custo nas despesas de viagens por parte da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).
 
E para voltar à disputa em nível nacional, o clube teria que conquistar no ano que vem o retorno ao Módulo I do Mineiro, se sair bem no estadual em 2020 e conquistar uma das três vagas de Minas Gerais para a Série D, para somente em 2021 jogar um brasileiro. O mesmo vale para chegar à Copa a Brasil: tem de conseguir uma boa classificação no Campeonato Mineiro e ficar entre os quatro no certame para não depender de outras combinações. Cenários que não têm sido realidade para o time.
 
Destaque nos últimos jogos, o goleiro Roni Turola, que até então era o terceiro goleiro da equipe, garante que não se conforma com rebaixamento ao Módulo II e que dará o sangue pelo acesso à Série C. “Não dá para acreditar, até mesmo porque o Uberlândia é um clube que honra todos os compromissos com a gente, dá boa estrutura e não merece passar por isso. Mas temos que levantar a cabeça e focar na Série D, na qual vamos buscar o acesso para a Série C a todo custo. A torcida merece isso”.
 
É certo que alguns jogadores que tiveram os contratos finalizados ao término do Campeonato Mineiro não permanecerão para a quarta divisão nacional, como o goleiro Felipe, o zagueiro Ferron, o meia-atacante Ricardinho e os atacantes Alfredo, Danillo Bala e Tony. Estes sequer se apresentaram na manhã da próxima segunda-feira (19), no CT Ninho do Periquito, onde a diretoria apresentará também o técnico Felipe Surian.
 
OPINIÃO
 
Um dos membros mais antigos na cobertura da crônica esportiva do Uberlândia Esporte, o narrador da Rádio Vitoriosa AM, Wander Tomaz, garante que o Verdão precisa apostar todas as suas fichas no ingresso em competições nacionais e cita o exemplo do Boa Esporte. 
 
“O Boa Esporte precisa ser referência para os dirigentes do UEC. A equipe foca totalmente nas competições da CBF, que são rentáveis, pois bancam todas as despesas de jogos, viagens, hospedagens, arbitragens e ainda distribuem vultuosas cotas de participação. É preciso fazer do Campeonato Mineiro, cada vez mais, laboratório para os Campeonatos nacionais”, disse Tomaz, que completou afirmando que com o acesso a temporada será salva.
 
“Para isso, a Série D é o ponto de partida. Essa competição vale mais do que ouro para o Verdão caso consiga o acesso para a Série C. Ficará somente a mais um acesso para chegar à Série B, lugar adequado para o Furacão Verde, que aliás, é onde o Boa está, quietinho e faturando alto”, disse afirmou.
 
Comandante da equipe esportiva da Rádio América AM, Donizete Moreira afirma que que o UEC precisa jogar todas as suas fichas na quarta divisão nacional. “Com essa tristeza que se instaurou nos arredores do clube, com este rebaixamento, é preciso uma mudança no foco do trabalho para que a Série D possa salvar o ano do UEC. Um acesso para a Série C seria um conforto grande para a torcida, embora o rebaixamento não poder ser esquecido”.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »