09/03/2018 às 23h11min - Atualizada em 09/03/2018 às 23h11min

Dentil/Praia Clube sai na frente do Bauru

Times voltam a se enfrentar na próxima sexta-feira, desta vez, partida será na casa do time de Uberlândia

ÉDER SOARES | REPÓRTER
Denti/Praia venceu por 3 sets a 1, com parciais de 25/27 – 25/21 – 15/25 e 20/25 | Foto: Divulgação/Bauru

O Dentil/Praia Clube começou com vitória os playoffs (quartas de final) da Superliga Feminina de Vôlei. Jogando na noite de hoje, no interior paulista, a equipe praiana bateu o Bauru (SP) por 3 sets a 1, com parciais de 25/27 – 25/21 – 15/25 e 20/25, fazendo 1 a 0 na série melhor de três. A oposta norte-americana Nicole Fawcett, do Praia, foi eleita a melhor jogadora da partida, levando para casa o Troféu Viva Vôlei.

As equipes voltam a jogar na próxima sexta-feira (16), às 19h, na Arena Praia. Se o Praia vencer novamente se classifica para as semifinais, na qual enfrentará o vencedor do duelo entre Osasco (SP) e Barueri (SP). Caso Bauru vença o confronto, empatando a série, o terceiro confronto está marcado para o dia 19, em horário a ser definido, novamente em Uberlândia.

 “É um resultado muito importante. Demos um passo à frente, mas nada está definido. São jogos de muita pressão e agora precisamos pensar na partida de volta, em Uberlândia, onde precisamos manter o mesmo ritmo para conseguirmos vencer e nos garantir nas semifinais”, disse a ponteira do Praia, Fernanda Garay.

Pelo lado do Bauru, a levantadora Juma lamentou a derrota em casa, mas garante que o time tentará empatar a série no jogo de Uberlândia. “Diante de uma equipe grande como é o Praia não se pode cometer erros. Mas precisamos erguer a cabeça e partir para Uberlândia para tentar vencer e dessa forma forçar a terceira partida”.

O JOGO

Empurrado pela torcida que lotou o Ginásio Panela de Pressão, o Bauru foi logo para cima e abriu 6 a 2. Com atuação destacada da oposta Tifanny, que virava todas as bolas, Bauru aumentou a distancia para 11 a 4. Mas o Praia melhorou na partida, passando a sacar com maior eficiência. Com isso, empatou o jogo (18 a 18). Com a norte-americana Nicole Fawcett e Fernanda Garay virando a maior parte das bolas, o Praia virou o placar e fechou o set em 27 a 25.

No segundo set, o Praia iniciou o jogo com o voleibol que o consagrou até o momento como a melhor equipe da Superliga. Com um grande volume de jogo abriu 7 a 3. O time praiano se desconcentrou e a recepção passou a falhar. Dessa forma, Bauru reagiu e passou à frente (15 a 14). Daí para frente, o Praia não conseguiu mais alcançar a equipe paulista, que tranquilamente venceu o set por 25 a 21.

O terceiro set começou equilibrado, com as equipes arriscando muito no saque. Um pouco melhor, Bauru abriu 9 a 6, principalmente em função dos vários erros do Praia. Com a parada técnica pedida pelo técnico Paulo Coco, o Praia melhorou muito e arrancou para assumir a ponta do placar (14 a 9). Mantendo um saque equilibrado e também com o bloqueio fazendo a diferença, o Praia deu um verdadeiro passeio no set, vencendo por 25 a 15.

O quarto set começou ponto a ponto, com as equipes se alternando no placar (10 a 10). Aproveitando dos erros de ataque do Praia, Bauru deu um pulo à frente (13 a 11). O time paulista começou a forçar o saque visando à quebra do passe praiano, o que funcionou no início. Identificando o artifício do adversário, o técnico Paulo Coco pediu tempo, e na volta, a equipe praiana reequilibrou o jogo em termos de volume de jogo. Com um ponto marcado por Fernanda Garay, o Praia cravou 25 a 20 no set e 3 sets a 1 na partida.

Segunda rodada

Sexta-feira (16/03)

19h - Praia Clube x Bauru
21h30 – Sesc Rio x Pinheiros

Sábado (17/03)

15h - Minas x Fluminense
17h - Barueri x Osasco
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »