08/03/2018 às 05h40min - Atualizada em 08/03/2018 às 05h40min

Como é a mulher de hoje nas animações infantis

Mulheres fortes, inteligentes e sem padrão definido fazem a festa da galera

ADREANA OLIVEIRA | EDITORA
Nella é um exemplo de personagem inspiradora que cumpre papel de princesa e guerreira | Foto: Divulgação

O Dia Internacional da Mulher é para se comemorar e também para lutar. A história nos ensina que preconceitos e injustiças comprometem o bem-estar e a evolução de uma sociedade. Hoje a mulher, apesar de ainda acumular funções, não está mais presa ao estereótipo da dona de casa. E a arte está sempre à frente na luta contra esses preconceitos e injustiças. Os criadores de desenhos animados, principalmente para crianças em idade pré-escolar, já perceberam que é preciso mostrar quão rico e diversificado é o universo feminino.

Elas podem ser delicadas e radicais, como é o caso de Frankie, da animação canadense “Frankie e os Zhu Zhu Pets” (Discovery Kids). Ela adora andar de skate e valoriza seu estilo junto com seus hamsters falantes. A mãe de Frankie, Ellie, e o pai, Stanley, são encanadores e ambos dividem as tarefas em casa.

A Baía da Aventura, casa de uma das turminhas mais queridas do momento, a “Patrulha Canina” (Nick Jr), é comandada por uma mulher, a prefeita Goodway. E entre os filhotes tem a fofa e competente Sky, que, apesar do rosa do uniforme, tem papel equivalente ao dos colegas. E ainda no canal Nick Jr há um dos melhores exemplos para as meninas. Em “Nella, uma princesa corajosa”, a personagem não precisou escolher entre ser princesa ou ser guerreira: cumpre bem os dois papeis.

O Brasil também traz bons exemplos em desenhos como “O show da Luna” (Discovery Kids), no qual a protagonista é uma curiosa menina que tem uma avó que foi piloto de avião e vive atualmente em uma fazenda onde a menina, o irmão Júpiter e o furão Cláudio passam férias. Atrações como essa ajudam, desde cedo, a valorizar a mulher em qualquer papel que ela queira exercer.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »