07/02/2018 às 17h57min - Atualizada em 07/02/2018 às 17h57min

Dentil/Praia enfrenta lanterna da competição em casa

ÉDER SOARES | REPÓRTER
Equipe Praiana não acredita em jogo fácil contra o Sesi de São Paulo nesta quinta / Foto: Ascom/Praia

A Superliga Feminina de Vôlei tem sequência com dois jogos na noite desta quinta-feira (8) que complementam a oitava rodada do segundo turno, iniciada hoje. Em Uberlândia, às 19h30, acontece o choque de extremos da tabela. O Dentil/Praia Clube, líder da competição até a noite de quarta-feira (7), com 51 pontos, encara o Sesi (SP), último colocado com quatro pontos e que apenas cumpre tabela no campeonato. No primeiro turno, jogando em São Paulo, o Praia venceu por 3 sets a 0.

A outra partida desta quinta acontece em Belo Horizonte, onde se enfrentam Minas Tênis e Osasco (SP), às 19h. Caso o Sesc Rio vença o Bauru (SP), em partida que se realiza na noite de hoje, por uma diferença de três sets, o Praia perde momentaneamente a liderança.

Apesar de enfrentar uma equipe bastante jovem e que faz uma campanha muito ruim, a levantadora Claudinha afirma que o adversário não pode ser menosprezado. “É uma situação na qual temos a obrigação de levar a sério tanto quanto se fosse um dos primeiros colocados. É preciso que coloquemos em quadra o nosso melhor voleibol, até mesmo porque não existe adversário bobo na Superliga, todos têm qualidade técnica para vencer uma partida. Esperamos fazer mais um grande jogo”, comentou.

O técnico Paulo Coco exige que a equipe faça o melhor, independentemente da posição do Sesi. “Já vi muitas surpresas ao longo de minha vida no voleibol e precisamos trabalhar sério para que isso não se repita aqui, mesmo porque temos todo o interesse em função da nossa posição na tabela de classificação. Queremos permanecer na liderança. O Sesi conta com jogadoras talentosas que não podem ser menosprezadas ou deixadas de forma solta em quadra. Vamos entrar no sentido de fazer um bom volume de jogo para vencer a partida”.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »