31/01/2018 às 17h40min - Atualizada em 31/01/2018 às 17h40min

Técnico quer foco contra irregularidades no Praia

Time uberlandense oscilou durante vitória por 3 sets a 2 contra o Bauru

ÉDER SOARES | REPÓRTER
Dentil/Praia Clube chega à 17ª vitória e lidera a Superliga Feminina / Foto: Ascom/Praia

O Dentil/Praia Clube bateu o Bauru, na última terça-feira (30), por 3 sets a 2, e chegou à sua 17ª vitória pela Superliga Feminina de Vôlei. Mesmo com o triunfo e a invencibilidade mantida, o técnico Paulo Coco não esconde a preocupação com a irregularidade apresentada pela equipe uberlandense, principalmente no terceiro e quarto sets. O jogo encerrou com as parciais de 25/20, 25/14, 17/25, 18/25 e 15/13.

Com o resultado, o Praia Clube permaneceu na liderança da competição, agora somando 48 pontos, dois a mais do que o segundo colocado, Sesc Rio.

Para o técnico Paulo Coco, a irregularidade da equipe praiana foi o que determinou as dificuldades encontradas na partida. “Tivemos um bom início nos dois primeiros sets, trabalhando bem e tocando todas as bolas do adversário, mas tivemos dificuldades no terceiro e quarto set, em que nosso sistema de recepção não foi tão estável. O mais importante foi que, em um jogo tão difícil conseguimos, no quinto set, retomar nosso melhor jogo e sair com mais uma vitória. Vamos tentar tirar lições da irregularidade que tivemos nessa partida”, disse.

Ganhadora do troféu Viva Vôlei de melhor jogadora em quadra, a ponteira Fernanda Garay afirmou que, além de um duelo equilibrado, a grande atuação da oposta Tiffany trouxe muitas dificuldades ao Praia. A atleta da equipe do Bauru, a primeira transexual a jogar a Superliga, assinalou 39 pontos em 75 bolas recebidas durante o confronto, quebrando o recorde de pontos em um jogo de vôlei feminino no Brasil.

“Foi um jogo muito difícil, em que Bauru cresceu no terceiro e quarto set, mas a Tiffany acabou fazendo a diferença também. Temos que nos preocupar em não deixar que o nosso ritmo volte a cair durante os jogos, mas a vitória, em uma partida tão complicada foi muito importante”, disse Garay.

O Praia volta a jogar no domingo (4), quando recebe o Minas Tênis, às 15h, na Arena Praia.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »