30/01/2018 às 16h34min - Atualizada em 30/01/2018 às 16h34min

Polêmicas no 'Paraíso' de Pabllo Vittar e Lucas Lucco

DA REDAÇÃO
Lucas Lucco e Pabllo Vittar em cena do videoclipe de “Paraíso” / Foto: Divulgação

Após o lançamento da música “Paraíso” o cantor mineiro Lucas Lucco e Pabllo Vittar lançaram o videoclipe da canção no domingo, no programa “Fantástico” (Globo). A produção já conta com mais de 8 milhões de visualizações no YouTube e na manhã de hoje estava como número um no trending topics da plataforma.

As imagens refletem o nome da música, uma mistura de cenas sensuais entre os músicos em cenários paradisíacos, gravados em praias da Bahia.

Com roteiro do próprio Lucas Lucco em parceria com João Monteiro e Fernando Moraes (Os Primos), que foram responsáveis pelo clipe “K.O.” e “Corpo Sensual” de Pabllo Vittar, o vídeo tem gerado comentários polêmicos. Ao mesmo tempo que muitos fãs elogiam o trabalho outros disseminam opiniões homofóbicas.

O lançamento de “Paraíso” fez com que Lucas Lucco conquistasse o status de artista com duas músicas ao mesmo tempo no top 10 do Spotify. Sendo as duas “Permanecer”, com MC G15, que tem mais de 27 milhões de streams, 50 milhões de visualizações no Youtube e é certificada platina e “Paraíso” que estreou no Top 10 do Spotify (posição #9) e conta com mais de 3 milhões de streams. Os hits do cantor sertanejo contribuíram para que seu canal oficial chegasse em 1 bilhão de visualizações.

Em Uberlândia, o chargista e jornalista Maurício Ricardo, em seu canal no YouTube, publicou na segunda-feira (29) um vídeo opinativo sobre a produção no qual condena os comentários homofóbicos sobre “Paraíso” e fala da importância da tolerância nos dias de hoje.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »