26/12/2017 às 15h17min - Atualizada em 26/12/2017 às 15h17min

Por desfalques, Marco Goiano vira volante no UEC

ÉDER SOARES | REPÓRTER
Jogador já atuou na posição em jogo pelo Mineiro deste ano / Foto: Éder Soares

 

O técnico Paulo Catanoce vem quebrando a cabeça para escalar o meio de campo titular do Uberlândia Esporte Clube (UEC) nos últimos dias, já que jogadores de articulação como Alê e Eliomar estão em fase final de recuperação para ir para o campo, e o meia Ricardinho, contratado junto ao Londrina (PR), só se apresentará nesta quarta-feira (27). Para ser o articulador das jogadas, Catanoce vem optando por um velho conhecido da torcida, Marco Goiano, que apesar de ser meia de origem, passará a ser utilizado como volante nos treinamentos e jogos pela frente.

Canhoto, especialista nas bolas paradas e lançamentos, Goiano aproveita seus últimos momentos como meia no Verdão e já está ciente de que terá um novo desafio, de agora em diante, na cabeça de área. Goiano jogou como volante na última rodada do Campeonato Mineiro deste ano, empate por 2 a 2 contra o Tupi, no Estádio Parque do Sabiá, no qual marcou um dos gols da equipe.

Empolgado e se mostrando feliz em fazer a sua segunda temporada pelo UEC, Goiano garante que está pronto para a nova função. “Já estava com vontade de fazer essa função faz algum tempo, de pelo menos tentar. É claro que eu não tenho, de início, o mesmo poder de marcação de outros jogadores, mas por causa do meu bom passe na saída de bola, entendo que poderei ajudar bastante”.

Marco Goiano não conseguiu se empregar no segundo semestre deste ano, mas tem a confiança do técnico Paulo Cézar Catanoce e da diretoria. O jogador acumula quatro acessos em divisões do Campeonato Brasileiro: Macaé (RJ), Villa Nova (GO) e Tupi (MG), para a Série B, e com o Moto Club (MA), para a Série C. Com expectativa de permanecer também para o segundo semestre e disputar a Série D do Brasileiro,
Goiano acredita que a sua experiência em acessos possa ajudar

“É claro que ainda temos o Mineiro pela frente e precisamos fazer um grande papel nele, pois existe uma expectativa muito grande por parte de todos. Mas a Série D é a competição que poderá iniciar a subida do Uberlândia nas divisões do Nacional e não nego que quero fazer parte dessa escalada”, disse Goiano. 


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »