08/12/2017 às 14h16min - Atualizada em 08/12/2017 às 14h16min

Catanoce inicia trabalhos com bola no Verdão

ÉDER SOARES | REPÓRTER

Nos dois últimos dias de treinamentos no CT Ninho do Periquito, o técnico do Uberlândia Esporte Clube (UEC), Paulo Cézar Catanoce, deu início aos treinamentos coletivos com bola, em campo inteiro, que simulam uma partida. As atividades seguem divididas entre trabalho físico, pela manhã, e técnico, com bola, na parte da tarde.

O intuito é dar condicionamento aos atletas e, ao mesmo tempo, estimular o contato com a bola para começar o processo de entrosamento entre os jogadores. “No coletivo, além de você trabalhar o entrosamento em um grupo que recebe vários jogadores, você ainda estimula a competitividade entre eles, o que é muito produtivo e benéfico para o rendimento da equipe”, diz Catanoce.

Partindo para o terceiro ano como preparador físico do Verdão, Serginho Tupã já tem o entrosamento necessário com Catanoce para definir a dinâmica mais correta de treinamentos até a estreia do Campeonato Mineiro, dia 17 de janeiro, contra a URT, no Estádio Parque do Sabiá. Até o momento, 23 jogadores treinam no CT Ninho do Periquito.

“Os jogadores estão com o percentual de gordura muito bom, dentro das nossas expectativas. Está tudo certo em termos de exames físicos, fisioterápicos, cardíacos e ortopédicos. Dentro de 30 dias estaremos bem avançados no que tange a parte física”, disse Tupã.

Para este ano, o UEC fez uma parceria com a clínica Labs For Fit, especializada no monitoramento individual de atletas. A meta é evitar as lesões não só durante o período de pré-temporada, mas também por toda o Mineiro. 

“Este controle será importante, pois teremos uma verdadeira maratona de jogos, aos meios e finais de semana. Serão coletados os dados de cada atleta para ver aqueles que estão em processo de fadiga, para evitar lesões decorrentes de partidas muito extenuantes, além de ver a parte de irrigação muscular para evitar lesões”, afirmou Serginho.

Para finalizar, o preparador físico do UEC falou sobre a importância da introdução dos trabalhos com bola logo nos primeiros dias de pré-temporada. “O objetivo é evoluir cada dia mais. Tem umas probabilidades maiores de lesão em áreas do corpo como o adutor da coxa e joelho. Mas estamos dando uma estrutura boa na parte muscular com a adaptação de campo e parte física". 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »