24/11/2017 às 18h08min - Atualizada em 24/11/2017 às 18h08min

Verdão faz primeiro treino técnico com novo elenco

Hoje também chegou o zagueiro Ferron, último a se apresentar

ÉDER SOARES | REPÓRTER
Catanoce comandou trabalhos com bola hoje à tarde no Ninho do Periquito / Foto: Éder Soares

 

Depois quatro dias dedicados exclusivamente aos testes físicos e clínicos, finalmente o técnico Paulo Cézar Catanoce pôde iniciar os trabalhos com bola. Hoje à tarde, ele comandou um treino técnico no campo quatro do CT Ninho do Periquito. Amanhã pela manhã acontece novo treinamento no mesmo local.

O treinador alviverde entende que o planejamento de pré-temporada está sendo bem executado. “Iremos fazer uma preparação boa, com pelo menos 23 dias antes do primeiro amistoso. Estamos seguindo corretamente o cronograma e tudo dará certo para que possamos começar o Campeonato Mineiro a todo vapor. Aos poucos iremos intensificando os trabalhos com bola, pois precisamos formatar uma equipe o quanto antes”, afirmou.

A equipe fará apenas dois amistosos antes da estreia no Campeonato Mineiro, que acontece no dia 17 de janeiro, contra a URT, no Estádio Parque do Sabiá. O primeiro teste será contra o Brasiliense, dia 23 de dezembro, às 10h, no Estádio Mané Garrincha. O segundo poderá ser contra o Atlético (GO), provavelmente na primeira semana de janeiro.

 

ZAGUEIRO

A novidade no dia de hoje ficou por conta da chegada do zagueiro Ferron, de 32 anos, último dos atletas anunciados que faltava se apresentar. Ferron estava no Criciúma (SC) e passou por clubes importantes como Ponte Preta (SP) e Figueirense (SC). Esta será a segunda passagem do zagueiro pelo Verdão. Em 2007, então com apenas 22 anos, ele disputou o Módulo II do Campeonato Mineiro pelo UEC, na época comandado pelo técnico Walter Zaparolli.

O jogador terá as concorrências de Bruno Costa, Mauro Viana e Rogério, além de mais um jogador que será guindado da equipe sub-20 na disputa da Copa Regional. Motivado em estar voltando ao Verdão, Ferron garante que o Uberlândia tem tudo para fazer um grande 2018.

“Voltar ao Uberlândia depois de dez anos e ver como o clube cresceu é sensacional. Isso me dá muito mais ânimo para trabalhar e fazer o melhor. A diretoria e comissão técnica estão fazendo um grande trabalho, e isso irá se refletir dentro das quatro linhas, com vitórias e o cumprimento dos objetivos”, disse o jogador.   


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »