19/11/2017 às 05h17min - Atualizada em 19/11/2017 às 05h17min

Leveza e sensualidade para as festas

Vestidos confortáveis, transparência e metalizado são dicas das estilistas de Uberlândia que brilharam em 2017

ADREANA OLIVEIRA | EDITORA

As festas de final de ano estão chegando. Natal e Réveillon são ocasiões em que as mulheres investem em um look marcante até mesmo para atrair boas vibrações para o próximo ano. O jorna Diário do Comércio conversou com três estilistas que romperam fronteiras e fortaleceram o nome de Uberlândia no segmento de moda. Daremos um panorama de como foi o ano para elas e de quebra conseguimos valiosas dicas de tendências para as duas últimas baladas de 2017.

 

LEVEZA E CONFORTO

Fabiana Milazzo inaugurou sua primeira loja nos Estados Unidos, na Melrose Place em Los Angeles, em fevereiro e em poucos meses já chama atenção da mídia internacional vestindo celebridades de Hollywood como Felicity Huffman, Julie Bowen, Jasmine Sanders, Torrey Devitto e a cantora Fergie. Sua coleção “Sonhos” arrancou suspiros e elogios na São Paulo Fashion Week N44. Fabiana foi palestrante convidada para falar sobre moda brasileira e seu trabalho com o handmade e a sustentabilidade no Instituto de Arte da Califórnia, em Hollywood, no campus da Argosy University, Los Angeles, Califórnia. Além de manter sua participação na tradicional Minas Trend Preview, em Belo Horizonte, também desfilou no Brazil Fashion Miami.

Para a estilista uberlandense estamos vivendo uma fase onde buscamos o conforto. A ideia é manter isso com peças fluidas, leves, e em tecidos como a seda e a organza. A cartela de cores está bem colorida, com cores cítricas e também o vermelho e o rosa como protagonistas. “Para as festas de final de ano acho legal manter a ideia do conforto mesmo nas roupas de festa, que foi o que trabalhei bastante na coleção ‘Sonhos’. Um bordado extremamente leve, em tecidos confortáveis e frescos. Vale lembrar do jeans em suas mais variadas propostas, como as nossas peças bordadas, que fazem a diferença em qualquer visual", afirmou Fabiana.

 

ALFAIATARIA RENOVADA

Patricia Bonaldi, que além da marca com seu nome tem ainda a Pat.Bo, também é requisitada em vários países. No Brasil assinou o vestido do casamento civil da atriz Marina Ruy Barbosa com Xande Negrão, um dos enlaces mais comentados do ano. À frente do grupo Nohda ela mantém também sua veia empresarial e empreendedora.

Patricia aposta no combo clássico de final de ano: off white e dourado. “A alfaiataria aparece renovada com blazer de shape alongado e os bordados de pedrarias dourados, trazendo uma festa cool e contemporânea. Detalhe para o decote canoa, que vem com força total na coleção, além de decotes em V profundo e vestidos com recortes estratégicos. Peças que valorizam o corpo são perfeitas para essa época do ano", disse.

 

SENSUALIDADE

A estilista Leticia Manzan, que abriu sua loja há dois anos, fez seus primeiros desfiles na Minas Trend Preview neste ano e conquistou público e crítica especializada, além de atrair olhares dos stylists de celebridades nacionais e blogueiras de moda. As coleções Tailândia, e a mais recente, Boudoir, projetaram a marca que apesar de manter os pés firmes no Brasil já foi sondada para exportação para Israel, Tóquio e Estados Unidos.

Boudoir é a quarta coleção com assinatura Manzan e foi inspirada no universo da lingerie. Para Letícia a mulher quer ser mais sexy, tem se cuidado mais. “Eu não sou uma mulher sexy, sensual no jeito de me vestir. Resolvi brincar com essa sensualidade, o fetiche, usando a modernidade das peças que gosta com o universo da sensualidade. Estudei e apliquei a história da lingerie dos anos 40 e 50 e ficou uma coleção dramática e sensual”, disse a estilista que tem clientes a partir de um ano de idade!

Para o fim de ano Letícia criou uma coleção cápsula de festas na qual estão fortes algumas tendências muito bem marcadas para este período. A primeira delas são as transparências, independentemente de onde será a festa. “Elas aparecem em vestidos longos, fluidos off White e brancos bem transparentes para serem usados com body ou hot pants. Essa é a principal tendência para os brancos”, explica a estilista que afirma ainda que peças como hot pants e body estão com o uso mais democratizado, não exclusivo para altas e magras. “Temos tecidos estruturados e alguns truques como body de tecidos como neoprene que segura uma gordurinha ou outra. Sou a favor da democratização da moda para todos os corpos, claro que tem que olhar suas limitações e aproveitar a tendência para o que fica melhor no seu corpo”, disse.

Para a família dos metalizados Leticia observa que o prata e ouro rosé têm predominado nesta estação mais do que o dourado e o branco propriamente dito. “É um vestido que a mulher vai poder usar durante todo o ano. O metalizado é uma grande tendência mundial. As coleções das principais semanas de moda do mundo mostram isso. Tem muito prata, ouro rosé e ouro light”.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »