27/10/2017 às 14h16min - Atualizada em 27/10/2017 às 14h16min

Dia Mundial da Animação tem sua 11ª edição em Uberlândia

Evento acontece neste sábado (28), no MUnA

ADREANA OLIVEIRA | EDITORA
“O Kaiser”, de Seth, é o merco zero da animação no Brasil / Foto: Reprodução

 

Amanhã (28) é comemorado o Dia Mundial da Animação. Em 28 de outubro de 1892 Émile Reynaud realizou a primeira projeção do seu teatro óptico no Museu Grevin, em Paris. Em Uberlândia o evento está em sua 11ª edição e acontece neste sábado no Museu Universitário de Arte (MUnA) com uma programação que traz três mostras: Animare (18h30), Nacional (19h30) e Histórica (20h30). Na ocasião também será lançado o DVD Programa Animare 3ª temporada, com curtas como "Tóbi, o Obsessor", que fala sobre o fantasma do bullying e que foi selecionado no Anima Mundi 2017, produzido por crianças do Sesc Uberlândia.

A Mostra Histórica comemora os 100 anos de animação no Brasil cujo marco zero foi a realização de “O Kaiser” (1917), do caricaturista fluminense Álvaro Martins (Seth). A charge animada era uma alusão clara ao contexto geopolítico internacional daquela época, às sombras de uma guerra mundial. Por falta de preservação adequada o filme foi perdido, e tudo o que sobrou foi uma imagem de referência da obra. “Sete animadores foram convidados pela Associação Brasileira de Cinema de Animação (ABCA) para fazer uma releitura do filme e o resultado será exibido na mostra nesta noite, ‘Reanimando Kaiser’”, conta Marcelo Branco, coordenador local do Dia da Animação e diretor de arte da F7.

As exibições começam às 18h30 com a Mostra Animare, que traz trabalhos de alunos da rede pública de ensino de Uberlândia e participantes de projetos como o Programa Habilidades de Estudo (PHE) do Sesc. “Todas as obras têm fins educativos e os DVDs são distribuídos gratuitamente para escolas públicas e também privadas que se interessarem”, disse Branco que ontem levou o projeto para ser apresentado na Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE).

Para ele, captar a atenção das crianças nas oficinas não é uma tarefa fácil em tempos em que elas são bombardeadas por informações e novas tecnologias o tempo todo, mas a partir do momento em que elas “tomam gosto” pela coisa o trabalho se desenvolve. “Criatividade elas têm muita, nós só estimulamos esse potencial incrível e somos cada vez mais surpreendidos”, disse o professor.

Para ele, o mercado de animação no país é promissor mas precisa de mais incentivo cultural e empresarial. “Estou bem otimista porque tudo nesse mercado depende de planejamento e boas ideias. Iniciamos neste ano a oficina F7 Games e já lançaremos aplicativos em 2018 com qualidade internacional”, finalizou.

 

SERVIÇO

O QUE: Dia Mundial da Animação

ONDE: Museu Universitário de Arte (MUnA) (Praça Cícero Macedo, 309, Fundinho)

QUANDO: sábado (28), a partir das 18h30

ENTRADA FRANCA

INFORMAÇÕES


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »