21/10/2017 às 07h03min - Atualizada em 21/10/2017 às 07h03min

Praia impõe favoritismo e derrota o São Caetano

Time uberlandense não dá chances às rivais e vence por 3 sets a 0

ÉDER SOARES | REPÓRTER
Equipe realizou ontem o primeiro jogo na Arena Praia, que contou com bom número de torcedores / Foto: Ascom/Praia Clube

 

Mostrando um voleibol de alta qualidade e fazendo valer o seu favoritismo, o Dentil/Praia Clube bateu o São Caetano (SP) pela segunda rodada da Superliga Feminina de Vôlei, em sua estreia na Arena Praia, na noite de ontem. O placar final marcou 3 sets a 0 para o time uberlandense, com parciais de 21/12, 25/13 e 25/21, o que mantém o Praia entre os primeiros colocados da competição e de forma invicta. 

O destaque da partida foi a levantadora Claudinha, eleita a melhor jogadora em quadra e que levou para casa o troféu Viva Vôlei. A equipe volta a jogar na próxima sexta-feira (27), quando encara o Pinheiros (SP), às 21h30, em São Paulo, partida que terá transmissão ao vivo pelo canal SporTV.

Ao final da partida, o técnico Paulo Coco elogiou a atitude da equipe, mas garante que agora o pensamento já está no Pinheiros. “O time teve uma boa postura, variando bastante as jogadas. É claro que ainda precisamos evoluir muito, mas temos convicção de que isso acontecerá de forma gradativa ao longo da competição. Agora temos que descansar a equipe e já trabalhar para a partida contra o Pinheiros, que não será fácil”.

Destaques em quadra pela variação na distribuição das jogadas, Claudinha disse que a equipe fez por merecer a vitória. “Acho que não teve contestações. Entramos em quadra com muito foco e por isso o jogo fluiu de forma natural. Foi um belo jogo de toda a equipe, que soube jogar de forma coletiva, como deve ser”.

 

O JOGO

No primeiro set, sentindo o calor do torcedor que compareceu em bom número à Arena Praia, o Dentil foi para cima das paulistas. Explorando bastante as jogadas pelas pontas, o time abriu rapidamente 4 a 1. O São Caetano forçava o ataque, mas encontrava o bloqueio do Praia muito bem postado. Com isso, a equipe disparou ainda mais no placar (18 a 9). O time manteve o ritmo, e sem dificuldades fechou o set 25 a 12 em 21 minutos de jogo. 

Já no segundo set, o Praia começou errando bolas fáceis, o que proporcionou ao time paulista saltar na frente (2 a 0). Mas foi apenas um incentivo para as donas da casa, que reagiram rapidamente (6 a 2). Daí para frente, a levantadora do Praia, Claudinha, esbanjou na variação de distribuição de bolas, tanto pelo meio quanto pelas pontas. Com destaque para Fernanda Garay, o Dentil fechou o set em 25 a 13, em exatos 25 minutos jogados no set.

No terceiro e último set, a partida começou bem mais equilibrada, com as equipes se alternando à frente do placar (11 a 11). Os maiores erros estavam acontecendo no quesito saque, em função da tentativa das equipes em quebrar a jogada adversária. 

A partir do 15º ponto, as praianas se firmaram novamente na partida. Equilibrado em todos os setores, o time soube administrar bem a vantagem no placar até fechar o set por 25 a 21, em 27 minutos, e vencer jogo por 3 sets a 0.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »