22/10/2017 às 05h13min - Atualizada em 22/10/2017 às 05h13min

Felipe encara Verdão como recomeço

O goleiro é uma das contratações de destaque do Uberlândia Esporte e vê oportunidade para a carreira

ÉDER SOARES | REPÓRTER
Felipe assinou contrato com o UEC na última quarta-feira / Foto: Éder Soares

 

Na última quarta-feira (18), o goleiro Felipe assinou o seu contrato com o Uberlândia Esporte Clube até o final do Campeonato Mineiro de 2018, uma negociação que foi bastante comemorada pela torcida do Verdão, que por anos pedia a contratação de um goleiro de ponta do futebol brasileiro.

Felipe estava sem clube desde o término do Campeonato Carioca deste ano, quando defendeu o Boavista. Ele não renovou com o time de Saquarema, que foi eliminado na segunda fase da Série D deste ano, mas conquistou a Copa Rio na última quarta e optou pela vaga na Copa do Brasil - o Americano, vice, se garantiu na Série D. 

O novo reforço do Verdão foi revelado pelo Vitória, passou por São Caetano, Portuguesa de Desportos e Bragantino, clube no qual chamou a atenção, e foi contratado pelo Corinthians em 2007. Após saída polêmica do clube paulista em 2010, ele rumou para Portugal, tendo o Braga como destino e, depois, foi oficializado pelo Flamengo em 2011. A passagem pelo Rubro-Negro carioca terminou em 2014. Depois, Felipe passou por Figueirense e novamente o Bragantino antes de defender o Boavista neste ano. 

Cheio de polêmicas ao longo da carreira, como a famosa frase “Roubado é mais gostoso”, em referência a uma final entre Flamengo e Vasco pelo Carioca de 2014, Felipe considera que o Uberlândia Esporte poderá ser um recomeço na sua carreira.

A reportagem do Diário do Comércio esteve no evento de assinatura de contrato do guarda-metas alviverde, que falou principalmente sobre a sua expectativa para a temporada 2018.

 

Diário: O que o Uberlândia Esporte significa neste momento para você?

Felipe: É um recomeço para mim. Vivi muitos momentos de glórias na minha vida, mas passei por problemas complicados nos últimos anos. Espero que aqui no Uberlândia eu possa reconquistar o meu espaço no cenário nacional e que o Uberlândia possa voltar ao seu devido lugar. É um desafio novo na minha carreira.

 

O que você espera jogando no futebol Mineiro?

É a primeira vez que eu venho jogar em um clube de Minas Gerais e espero que eu venha a ter o mesmo sucesso que tive nas equipes anteriores. Sou um cara que sempre fui vencedor por onde eu passei, e espero que aqui não seja diferente e que possamos conquistar os nossos objetivos juntos.

 

Como foi o seu acerto com o Verdão?

O contato foi bem rápido. Tive contato com outros clubes daqui do interior também, mas há umas três semanas recebi uma ligação do Fabrício (diretor de futebol), conversei com meus amigos Alexandre e Fernando Pires, que moram aqui em Uberlândia, e eles me deram as melhores referências possíveis. Pesou muito o fato de saber que o clube tem uma torcida fanática, estrutura e um grande estádio. Vindo para cá, o jogador só terá preocupação em jogar, e isso é muito importante para o atleta desempenhar o seu melhor futebol.

 

Como você está fisicamente e tecnicamente?

Minha parte física está boa, mas não 100%. Continuo treinando no Rio de Janeiro, mas não é a mesma coisa de treinar no dia a dia do clube. A apresentação ainda não está marcada, mas já está combinado com a diretoria que eu venho antes do grupo, umas duas semanas antes, pois o quanto antes eu chegar em minha forma ideal será melhor para o meu desempenho dentro de campo.

 

Você está ansioso para voltar a jogar logo?

Estou louco para voltar a jogar, viajar pelas cidades fazendo o que eu gosto, pois quando você fica parado é muito ruim. Essa oportunidade que estou tendo aqui considero com uma chance única de voltar ao cenário nacional e vou fazer o máximo por isso.

 

Você fica somente para o Mineiro ou existe possibilidade de permanecer para a Série D do Brasileiro?

Por enquanto, somente para o Campeonato Mineiro. Depois da competição a gente senta, eles (diretoria) vão ver o meu desempenho e dizer se querem que eu permaneça ou não para a Série D. Então tenho que focar no primeiro objetivo que é o Campeonato Mineiro, chegar nas finais, o que é perfeitamente possível pelo elenco que está sendo montado.

 

Pretende conquistar títulos pelo Verdão?

Consegui conquistar títulos por grandes clubes do futebol brasileiro e sei da expectativa que o torcedor do Uberlândia está em relação a minha chegada. Eles podem ter certeza que eu darei o melhor de mim para agradar a eles e consequentemente encher todos eles de alegria.

 

Você sempre foi considerado um jogador polêmico em suas declarações. Concorda com isso?

Tenho minha personalidade. Acho que você se torna polêmico a partir do momento em que você fala o diferente dos outros. Sempre falei o que eu penso, mas a gente sabe que no futebol é chato e não se pode falar somente o que se pensa. Você chega para a entrevista e antes o assessor de imprensa já falou todas as suas respostas. Eu não sou assim e hoje eu pago por isso, de falar o que penso. No futebol, às vezes, você não pode ser verdadeiro. Com o passar do tempo você vai aprendendo com as pancadas da vida.

 

E como serão as suas declarações para a imprensa de Uberlândia e de Minas Gerais como um todo?

Mesmo vocês (imprensa) querendo que eu dê umas respostas polêmicas, eu vou procurar me controlar, pois o mais importante aqui é a busca dos nossos objetivos. Sendo assim, precisamos criar um ambiente tranquilo, pois, pelo que já percebi aqui em Uberlândia, tem muita gente querendo apoiar. A minha preocupação será somente dentro de campo.

 

FICHA DO JOGADOR

Nome completo: Luiz Felipe Ventura dos Santos

Nascimento: 22 de fevereiro de 1984 (33 anos)

Nascimento: Rio de Janeiro (RJ)

Altura: 1,89 m

Pé: Destro

Apelido: Felipe Paredão

 

Títulos

- Brasil Sub-17

Campeonato Sul-Americano Sub-17: 2001

 

- Vitória

Campeonato Baiano: 2003, 2004, 2005

Copa do Nordeste: 2003

 

- Corinthians

Campeonato Brasileiro Série B: 2008

Campeonato Paulista: 2009

Copa do Brasil: 2009

 

- Flamengo

Taça Guanabara: 2011, 2014

Taça Rio: 2011

Campeonato Carioca: 2011, 2014

Torneio Super Clássicos: 2013, 2014

Troféu 125 anos de Uberlândia: 2013

Copa do Brasil: 2013

 

- Boavista

Copa Rio: 2017

 

Clubes ao longo da carreira

2018 Uberlândia   

2017 Boavista-RJ  

2016 Bragantino   

2015 Figueirense  

2014 Flamengo

2013 Flamengo

2012 Flamengo

2011 Flamengo

2010 Braga (Portugal)

2010 Corinthians  

2009 Corinthians  

2008 Corinthians  

2007 Corinthians  

2006 Bragantino   

2006 Portuguesa

2005 Bragantino

2005 São Caetano

2004 Vitória

2003 Vitória-sub20

2002 Vitória-sub20


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »