20/10/2017 às 05h14min - Atualizada em 20/10/2017 às 05h14min

Bruno Costa vislumbra 2018 promissor

Zagueiro vê Uberlândia forte para a próxima temporada e projeta bom desempenho no Campeonato Mineiro

ÉDER SOARES | REPÓRTER
Em 2018, zagueiro Bruno Costa irá disputar o Campeonato Mineiro pela terceira vez seguida / Foto: Éder Soares

 

Carioca da gema, o experiente zagueiro Bruno Costa, de 30 anos, retornará ao Uberlândia Esporte Clube depois de uma passagem pelo Remo (PA), clube que fez boa campanha na Série C do Brasileiro e que, por muito pouco, não subiu para a Série B. Aos 30 anos, Costa, que tem a confiança do técnico Paulo Cézar Catanoce, disputará a elite do futebol mineiro pela terceira vez seguida. Em 2016, o zagueiro defendeu o Tricordiano, enquanto neste ano vestiu a camisa do Verdão.

De férias no Rio de Janeiro, Bruno garante que está aproveitando os últimos instantes de descanso até a apresentação do elenco, em novembro, no CT Ninho do Periquito.

“Não posso reclamar de 2017, pois acho que foi bastante proveitoso. No Mineiro, por muito pouco não nos classificamos para as semifinais, mas ainda conquistamos a vaga para a Série D. No Remo lutamos até a última rodada pela classificação para as quartas de final e também não aconteceu por muito pouco”, disse.

Pensando em 2018, o zagueiro espera que a concorrência na zaga alviverde seja ainda mais acirrada. Além dele, o clube renovou com o seu parceiro de zaga no Mineiro de 2017, Mauro Viana, e também com Rogério, além de contratar o experiente e renomado Ferron.

“Pelo que estou acompanhando, até agora, o Uberlândia vem se qualificando muito e terá uma equipe ainda mais forte. Quem ganha com a disputa é o clube e a torcida, que verão um grande time em campo.”

Como o Verdão tem planos audaciosos para o segundo semestre, quando terá pela frente a Série D do Brasileiro, Bruno Costa entende que a base do Campeonato Mineiro e uma boa campanha no primeiro semestre deixarão o clube ainda mais preparado para a busca pelo acesso para a Série C.

“No futebol uma situação acaba puxando a outra. Fazendo um grande estadual, já que o Mineiro é uma competição de alto nível, você chegará muito preparado no Nacional, com amplas possibilidades de disputar de igual para igual com outras equipes pelo acesso”, afirmou.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »