03/10/2017 às 05h33min - Atualizada em 03/10/2017 às 05h33min

Eleito presidente do Verdão, Flávio Gomide já planeja o futuro

ÉDER SOARES | REPÓRTER

Eleito presidente do Uberlândia Esporte Clube no último sábado (30), Flávio Gomide só quer pensar na montagem do elenco para a temporada do ano que vem, quando o clube tem pela frente as disputas do Campeonato Mineiro e Série D do Brasileiro. Na eleição realizada no último sábado, na sede da Liga Uberlandense de Futebol (LUF), das 9h às 17h, Gomide venceu o candidato da oposição, Abelardo Penna, por uma margem mínima de três votos: 239 da chapa “Avante Verdão”, encabeçada por ele, contra 236 da chapa “Novo UEC”, que tinha à frente Abelardo Penna.

Flávio Gomide, eleito para o triênio 2018/2020, só tomará posse a partir do dia 1º de janeiro, depois de acabar o mandato do atual presidente, Guto Braga, que, de acordo com o estatuto do clube, não poderia mais ser eleito. Foram oito horas de votação e muita tensão até a divulgação do resultado final. A apuração revelou, ainda, quatro votos brancos e 14 nulos - totalizando 493 votos. Tinham direito a voto 3.227 sócios, entre patrimoniais e beneméritos do clube, além dos sócios remidos e beneméritos da Vila Olímpica.

“Foi um pleito que mostrou a força que tem o Uberlândia Esporte. Entendo que não houve nenhum perdedor e que agora todos devem se unir em torno do Verdão e no projeto de levar nosso time de volta ao cenário nacional. Não prometo nada, somente muito trabalho, disse Gomide.

Derrotado por três votos, o médico ortopedista Abelardo Penna garantiu que não sai do pleito com a sensação de perdedor. “Saio orgulhoso do trabalho feito pela nossa chapa, pois, por muito pouco não conseguimos vencer um grupo que está há muitos anos à frente do clube. Entendo que todos estão de parabéns. Desejo toda a sorte para o Flávio Gomide e que ele faça um grande trabalho”, afirmou Penna.

 

ELENCO

Ao longo desta semana, fica a expectativa dos torcedores do Uberlândia Esporte para o anúncio de mais contratações. Na semana passada, a diretoria confirmou o acerto com dez jogadores, incluindo o goleiro Felipe, ex-Flamengo e Corinthians, e o zagueiro Ferron, ex-Criciúma, Sport e Ponte Preta. Além deles, já tinha sido anunciados o atacante Tony, os zagueiros Mauro Viana, Bruno Costa e Rogério, o lateral direito Cesinha e os volantes João Paulo, Rodney e Leandro Santos.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »