17/09/2017 às 05h12min - Atualizada em 17/09/2017 às 05h12min

Uberlândia respira dança nesta semana

Mostras amadora, profissional e infantil fazem parte da programação que tem início na próxima quarta-feira

ADREANA OLIVEIRA | EDITORA
Cia de Dança Cigana Nana Gonzaga apresenta duas coreografias, uma delas infantil, no Festival de Dança do Triângulo / Foto: Divulgação

 

Para o público em geral, as atividades do 26º Festival de Dança do Triângulo, com a temática “(sobre) vivências em dança” acontece começam na próxima quarta-feira (20), com programação em diferentes palcos da cidade até o dia 24. Para muitos bailarinos, o festival já começou com atividades formativas realizadas ao longo da última semana e para os organizadores, o trabalho tem sido intenso para deixar tudo pronto para que o evento deixe novamente uma marca positiva no cenário da dança local.

Aryadne Amâncio, coordenadora do evento, tem sido procurada pelos grupos e companhias que se apresentam para fazerem o alinhamento final para as apresentações. “Estamos preparando tecnicamente os locais para recebê-los e tivemos um feedback bastante positivo das atividades formativas, uma proposta do festival para capacitação e formação dos profissionais”, disse em entrevista ao jornal Diário do Comércio.

São 29 os grupos e companhias selecionados por edital para esta edição, alguns apresentam até duas coreografias, e tem ainda a participação da Cia Fusion, de Belo Horizonte, com espetáculo na abertura e no encerramento do festival. Aryadne destaca que nesta edição foi significativo o número de grupos de danças étnicas como árabes e ciganas, entre outros, junto com a dança de salão.

Nana Gonzaga é bailarina há 23 anos. A maior parte deles dedicados à dança do ventre. Nos últimos seis anos, graças a solicitações de colegas e ex-alunas, tem se dedicado exclusivamente à dança cigana e tribal (fusão de várias danças). “Em 2013 eu dei uma pausa na carreira. Um ano depois muita gente me procurou para montar um espetáculo de dança cigana. Depois de muita pesquisa e estudo montei a coreografia e desde então me dedico exclusivamente a este estilo”, explica.

Os ensaios dos adultos, que se apresentam na mostra profissional com a coreografia “Rosas do Deserto”, e das crianças, que apresentam “Encanto Cigano”, foram intensificados. “As crianças participaram no ano passado e adoraram. Se preparam o ano todo para isso. Além do momento de estar no palco, que representa muito para elas, o festival é espaço de aprendizado, de interatividade entre profissionais”, diz Nana. As crianças apresentarão o estilo tribal zíngara, uma mistura da dança cigana espanhola com a tribal.

Estão programadasmostras amadora, profissional, infantil, convidada e palcos livres com apresentações no Teatro Municipal de Uberlândia, na Praça Tubal Vilela, no Pratic Shopping e no Centro de Esportes Unificado (CEU) do Shopping Park.O Diário preparou um guia para você ficar por dentro da programação e montar o seu roteiro no Festival que tem entrada franca.

 

ATRAÇÕES DO FESTIVAL DE DANÇA DO TRIÂNGULO

COMPANHIA CONVIDADA: Fusion (BH) – Coreografias “Pai contra mãe” e “Quando efé”

 

GRUPOS SELECIONADOS - MOSTRA AMADORA

GRUPO / COREOGRAFIA (S)

Bailar Centro Cultural – “Ametamorfose” e “You and me”

Balé do Asfalto – “Sou quem sou”

Cia Aziza de Dança – “Ao som do derbake”

Cia Dança Cigana Nana Gonzaga – “Rosas do deserto”

Cia de dança Cedro do Líbano – “Sons e cores da alma” e “Encantadores de sonhos”

Cia de dança El Marouni – “Precisão (Derbak)”

Cia De Dança Priscilla Simari – “Lembranças de um velho amigo”

Cia el Tarub de Dança do Ventre – “Tarab”

Cia transmitindo Vida 3ª Idade – “Sedução”

Cocoon Urban Dance Experience – “Nostalgia pura”

Coletivo Udi Girls – “Heels Fusion”

Escola de Dança Santa Juliana – “Yalunga - Espírito da dança”

Gajhab Grupo de dança Indiana - Raios indianos

Grupo All Black – “Criminal Mascke”

Grupo Atividança – “Scarface”

Grupo Atividança – “Império Cotidiano”

Grupo Talentos Juvenil – “Game over”

Grupo Talentos Juvenil – “Fazendo um som”

InovaDança – “O acordo” e “Conflitos da paixão”

Makin Khalid – “Al Amesh” e “Hafle Azini”

Projeto Angel Hair – “Amor e Superação”

Studio de Dança Fernando Lima – “A Sopros portenhos”

Studio V - Escola de Dança – “A Arábia em Cores”

Tango AS – “Loca”

Uai Q Dança – “De fora para dentro” e “Encontro”

 

GRUPOS SELECIONADOS - MOSTRA INFANTIL

GRUPO / COREOGRAFIA (S)

Cia Dança Cigana Nana Gonzaga – “Encanto Cigano”

Escola de Dança Santa Juliana – “Encanto e Magia”

Grupo Talentinhos - “Primeiro voo” e “Bailarinas da neve”

Núcleo de Dança Priscila Prates – “Divertidamente” e “J Ritmos”

Studio V - Escola de Dança – “Horizonte”

Zafirah Studio de Dança - “A jardineira”

 

GRUPOS SELECIONADOS - MOSTRA PROFISSIONAL

GRUPO / COREOGRAFIA (S)

Uai Q Dança - “Prelúdios para desabafos”

Violeta Vaz Penna “nomeiodeparacom”

 


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »