16/09/2017 às 05h59min - Atualizada em 16/09/2017 às 05h59min

Branca de Neve repaginada e empoderada

Conto dos Irmãos Grimm ganha toques shakespearianos, trilha sonora dos Beatles e diálogos contemporâneos

ADREANA OLIVEIRA | EDITORA
Branca de Neve é reimaginada no espetáculo, em cartaz em Uberlândia / Foto: Divulgação

 

Em meados de 2012 o diretor teatral Leandro Mariz começou a “ver” Branca de Neve por todos os lados. A personagem apareceu nos filmes “Espelho, Espelho meu”, “Branca de Neve e o Caçador” e no seriado “Once upon a time” (“Era uma vez”). O por quê dessa exposição ele logo descobriu. O ano de 2012 marcou os 200 anos do conto infantil dos Irmãos Grimm. A obra dos alemães ganhou o mundo e virou blockbuster da Disney e até hoje encanta o mundo em vários formatos.

Hoje e amanhã, em Uberlândia, no Teatro Municipal, estará em cartaz o espetáculo “Branca de neve ao som dos Beatles”, escrito e dirigido por Mariz, com a sua visão deste conto de fadas, que ganha como novos elementos canções dos Beatles e inspiração em textos de Shakespeare. “Muita coisa mudou desde que saiu a primeira versão de ‘Branca de Neve’. Eu não queria levar para o teatro algo parecido com um desenho da Disney e a partir daí me veio a ideia de transformar a Branca de Neve em uma personagem mais forte e trazê-la para o contexto dos nossos dias”, disse o diretor, em entrevista por telefone ao jornal Diário do Comércio de Uberlândia, pouco antes da viagem. Eles chegaram na quinta-feira na cidade onde já fizeram apresentações fechadas para escolas.

No espetáculo, a mulher não tem um papel submisso, não é o sexo frágil e o amor ganha mais espaço. “No texto original se fala do príncipe, do beijo, mas pouco se fala sobre amor. Por isso busquei inspiração em ‘Romeu e Julieta’, de Shakespeare, para contar a história do Príncipe Encantado”, explica o diretor.

Outra personagem central da história, a Rainha, tem na inveja sua maior maldade. Ela quer eliminar sua concorrente mais bela, Branca de Neve e no texto de Mariz há uma subversão de valores. “A Rainha se veste como uma aventureira para ir atrás de Encantado para se vingar de Branca de Neve. E esse Príncipe ganha ares de canastrão. É todo bobo, vaidoso, sempre preocupado com os cabelos”, adianta o diretor.

E como foi que os fabulosos de Liverpool, os Beatles, entraram nesta história? Segundo Mariz, foi em uma conversa com o produtor Thiago Higa, também responsável pela trilha sonora do espetáculo, que surgiu a ideia de usar canção emblemáticas dos Beatles para momentos marcantes da história. “Os Beatles falam de amor e inspiram amor, ficou perfeito”, conta Mariz.

Entre os destaques está a inserção de “Yello Submarine” para a cena dos Sete Anões, “Come together” para a Rainha com introdução de uma música de Amy Winehouse, “Help” para o momento em que Branca de Neve é perseguida e como tema geral “Here comes the sun”. Para finalizar, “All you need is love”.

Segundo o diretor, “Branca de Neve ao som dos Beatles” é desenhado para agradar crianças a partir dos dois anos até o público adulto. “Temos diferentes referências nesta peça que valoriza o empoderamento feminino, entre outras coisas. O adultos não se sentiro só como os acompanhantes de uma criança, eles também são contemplados com várias cenas”, disse Leandro Mariz.

 

FICHA TÉCNICA “BRANCA DE NEVE AO SOM DOS BEATLES”

História: Irmãos Grimm

Direção: Leandro Mariz

Elenco: Sara Marques, Myriam Pimentel, Leandro Grace, Heliton Oliveira  e Karina Mathias.

Cenografia, Iluminação e bonecos: Leandro Mariz

Figurinos: Reinaldo Patrício

Trilha Sonora: Tiago Higa

Programação Visual: Marilena Saito

Coordenação artística: Tiago Higa

Produtor Executivo: Celso Rirséque

Duração: 60 min

Classificação: Livre

 

SERVIÇO

O QUÊ: Espetáculo Branca de Neve ao som dos Beatles

QUANDO: Hoje e amanhã às 16h

ONDE: Teatro Municipal de Uberlândia (Av. Rondon Pacheco, 7070 – Tibery)

INGRESSOS: R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia-entrada) à venda pelo site www.megabilheteria.com (até duas horas antes do espetáculo), na loja Espaço G Móveis e Objetos de Arte (rua Bernardo Guimarães, 710, Fundinho), até às 13h de hoje, e na bilheteria do teatro a partir das 13h30 hoje e amanhã.

INFORMAÇÕES: 3235-1568


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »