14/07/2017 às 05h17min - Atualizada em 14/07/2017 às 05h17min

Natã Borges é luta e ousadia em 'Resistência'

Músico e ator baiano radicado em Uberlândia tem apresentações sábado e domingo no Ponto dos Truões

ADREANA OLIVEIRA | EDITORA
Natã Borges se apresenta com banda e convidados nesta noite no show "Resistência / Foto: Rafael Rodini/Divulgação

 

Natã Borges tem a inquietude que emana do artista inconformado. Em seu novo show, "Resistência", que será apresentado amanhã e domingo no Ponto dos Truões, ele deixa isso bem claro. Natural de Salvador (BA), radicado em Uberlândia, o músico e ator sobe ao palco junto a outros colegas de batalha em um show que vai um pouco além da música, que tem sua própria estética. É uma performance que traz junto luta e ousadia.

"Esse show é o resultado de uma vivência mais forte com artistas da cidade. Vem num sentido de trazer essas artes, esta estética e essa mensagem daquilo que a gente tem vivido em nas esferas políticas, sociais, raciais, de gênero. São esses os temas que têm nos mobilizado", explica o músico em entrevista ao jornal Diário do Comércio, recém chegado de apresentações com o Benedites em Blumenau (SC) dentro do projeto Ocupa Teatro.

O que me chama a atenção desse baiano quase mineiro na cidade que escolheu para viver é um cenário ainda seleto e restrito dentro das artes. "Temos uma potência cultural muito grande em Uberlândia, porém, ainda tem muitos artistas bons que não conseguem ocupar o seu lugar, não são reconhecidos na própria cidade", disse Natã.

Ele considera Uberlândia uma cidade de transição, por onde artistas de diferentes estados que quase sempre estão de passagem.

Natã acredita na força dos artistas uberlandenses que carecem de reconhecimento do público local. "A cidade tem uma força muito grande no circuito universitário e nas periferias também. Nosso trabalho é fazer com que essa cena cresça cada vez mais, seja valorizada e reconhecida. Tem muita gente boa por aí com trabalhos excelentes carente de visibilidade", afirma.

O show de Natã Borges e banda traz a riqueza da música brasileira de fundo, seja nas canções próprias ou em projetos como “Sonhos e Pétalas: Djavan por Natã Borges” lançado em Janeiro de 2015, ou em “Pétalas e Fascinação: Elis e Djavan por Natã Borges”, de maio do mesmo ano. O músico trabalha a MPB com o pop sem medo de ser feliz e sem medo de questionar.

 

SERVIÇO

O QUE: Show "Resistência"

QUEM: Natã Borges

QUANDO: Amanhã (15) e domingo (16)

ONDE: Ponto dos Truões (Av. Ana Godoy de Sousa, 381, Santa Mônica)

INGRESSOS: R$ 20 (inteira) e R$ 15 + 1 Kg de alimento não perecível (promocional)

INFORMAÇÕES: 3237-9440


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »