05/07/2017 às 05h05min - Atualizada em 05/07/2017 às 05h05min

Rodrigo Parreira embarca para disputar Mundial na Inglaterra

Medalhista de Uberlândia busca melhorar marcas pessoais

EDER SOARES | REPÓRTER
Rodrigo Parreira busca melhorar marcas pessoais, mas não descarta lutar por medalhas / Foto: Comitê Paralímpico Internacional

 

Não contente com os bons resultados já obtidos na carreira, o medalhista paralímpico uberlandense Rodrigo Parreira embarca para São Paulo no próximo sábado (8), onde se juntará à Seleção Brasileira, que seguirá viagem com destino à Londres. Na capital inglesa, o grupo brasileiro participará do Campeonato Mundial de Atletismo, que acontece entre os dias 14 e 23 de julho e reunirá mais de 1,3 mil atletas.

Rodrigo conquistou a vaga para o Mundial logo em sua primeira competição de 2017. Os índices vieram no Open Internacional Loterias Caixa de Atletismo e Natação, que aconteceu em São Paulo no mês de abril. Desde então, o uberlandense segue treinando para melhorar suas marcas. Em Londres, Parreira participará das três provas em que é especialista: 100m rasos, 200m rasos e salto em distância, onde se sai melhor, na opinião de seu treinador, Leandro Garcia.

Sobre o trabalho desenvolvido para a competição, Garcia explica que 2017 é um ano tranquilo, que marca o início de um novo ciclo paralímpico. Nesse período, os treinos são focados no aperfeiçoamento de pontos que precisam ser melhorados. “Mesmo com um trabalho nesse perfil, conseguimos a classificação, que era algo muito difícil porque o Brasil está levando apenas 25 atletas. O Rodrigo ser um dos convocados é a prova de que estamos no caminho certo”, disse Leandro Garcia. 

Quanto às expectativas de resultados, o treinador explica que o foco é melhorar os rendimentos do paratleta. “O objetivo é superar a marca pessoal nas três provas. Se conseguirmos isso já será uma grande conquista. Se render medalhas então, o trabalho vai ser coroado”, afirmou o treinador. 

Rodrigo Parreira compartilha desse objetivo, mas deixa um recado para a torcida. “Eu vou dar o meu melhor na competição para trazer medalhas”, afirmou o paratleta.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »