16/06/2017 às 05h59min - Atualizada em 16/06/2017 às 05h59min

Novo treinador quer um Dentil/Praia equilibrado

Paulo Coco fala do que espera da equipe de Uberlândia na Superliga

EDER SOARES | REPÓRTER
Técnico do Praia se começas os treinamentos da temporada 2017/2018 na próxima semana / Foto: Divulgação/Ascom Praia

 

Depois de uma longa espera, o torcedor do Dentil/Praia Clube poderá enfim rever a equipe de volta às atividades. Na próxima segunda-feira (19), o novo elenco praiano se apresenta oficialmente na Arena Praia, onde começará os trabalhos para a edição 2017/2018 da Superliga Feminina de Vôlei. Mais uma vez, o time praiano entrará na competição como um dos três grandes favoritos ao título, ao lado do atual campeão Rio de Janeiro, equipe a ser batida, e Osasco (SP). O Barueri (SP), que participará pela primeira vez da competição, chega com status de grande, com o comando técnico do tricampeão olímpico José Roberto Guimarães.

Numa entrevista exclusiva ao Diário do Comércio, o novo treinador do Praia clube, Paulo Coco, fala da sua expectativa agora comando o time uberlandense. Coco é, há 15 anos, o braço direito de José Roberto Guimarães na Seleção Brasileira Feminina. Ele espera ter uma equipe equilibrada em todos os setores para tentar brigar de igual para igual com o favoritíssimo Rio de Janeiro, do técnico Bernardinho.

 

Diário: Com o elenco praticamente formado para a próxima Superliga, como está a sua expectativa para a competição?

Coco: Minha expectativa é grande. A Superliga vem sendo ao longo dos anos uma competição de grande nível. Tornou-se uma das principais ligas do mundo e a cada ano evolui. Espero que o Dentil/Praia Clube tenha uma excelente temporada.

 

Diário: Você tem um elenco em condições para brigar de igual para igual com o Rio de Janeiro pelo título?

Coco: Acredito que temos um bom elenco. Mas para podermos pensar em brigar pelo título teremos que formar uma grande equipe, na qual a consistência será muito importante. Só conseguiremos formar uma grande equipe com muito trabalho e dedicação de todos os envolvidos.

 

Diário: Fernanda Garay e Nicole Fawcett, em sua opinião, estarão entre as maiores pontuadoras da Superliga? E além deste fator, no que mais elas vão agregar ao elenco?

Coco: O mais importante para mim não são os destaques individuais e, sim, como essas pessoas se doam em prol da equipe. Obviamente, são jogadoras que irão agregar muito valor à nossa equipe, por meio das qualidades técnicas e da experiência que possuem.

 

Diário: O passe e o bloqueio foram algumas das dificuldades principais do clube na última temporada. Você espera melhorar isto?

Coco: Nesta temporada, espero que a equipe Dentil/Praia Clube tenha equilíbrio em todos os fundamentos. E que todos os seus sistemas tenham muita qualidade e consistência.

 

Diário: Em sua opinião, o que difere o Praia Clube de agora em relação ao da última temporada e que você enfrentou como treinador do Minas?

Coco: Não gosto de fazer comparações entre equipes de anos diferentes. Na equipe deste ano tentamos ter boas opções em todas as posições.

 

Diário: Novamente o Rio de Janeiro é o time a ser batido?

Coco: É o grande favorito desta competição, seu histórico confirma. Ao lado de Osasco, claro. Mas, também teremos outros adversários de muita qualidade. O Minas, que formou uma grande equipe, o Bauru, que possui jogadoras de bastante qualidade e experiência, além de equipes de muita tradição como o Pinheiros. E não podemos nos esquecer da equipe de Barueri, que é treinada pelo tricampeão olímpico José Roberto Guimarães.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »