01/06/2017 às 05h23min - Atualizada em 01/06/2017 às 05h23min

Paralímpicos buscam índice para Mundial

Atletas das equipes de Uberlândia estão em São Paulo para a primeira fase nacional do Circuito Brasil

EDER SOARES | REPÓRTER
Equipe paralímpica de halterofilismo CDDU/Futel / Foto: Eder Soares

 

Até o próximo domingo (4), em São Paulo, a equipe paralímpica de halterofilismo CDDU/Futel tem mais um grande desafio, dessa vez pela 1ª fase nacional do Circuito Brasil Paralímpico. A forte equipe uberlandense estará na disputa com 23 atletas, que buscam índices para o Campeonato Mundial do México no mês de setembro. O time é comandado pelo técnico Weverton Santos, um dos principais treinadores na modalidade da atualidade.

Uma das feras da equipe de Uberlândia na competição é Luciano Dantas, que disputará na categoria até 65 kg. Na etapa regional do circuito, disputada em Brasília, Dantas conquistou o primeiro lugar atingindo a marca de 148 kg. Para chegar ao Mundial, ele precisará chegar à marca de 155 kg. “Treinamos muito forte para bater a meta que teremos lá. Eu estive recentemente na Copa do Mundo, na Hungria, onde fiquei com o quinto lugar, mas acabei pegando uma gripe. Isso me prejudicou um pouco, mas já me sinto bem e vou tentar este índice”, disse.

Campeão na Hungria, na categoria júnior, até 97 kg, Matheus Assis também cravou o recorde mundial na divisão júnior levantando 180 kg. Ele já possui índice para o Mundial. Maria Rita, que disputa na categoria até 70 kg também já está garantida no Mundial do México. Os dois atletas vão para a competição com o intuito de melhorar as suas marcas.

O técnico Weverton dos Santos está otimista para mais uma etapa do Circuito Nacional. “Estamos numa sequência de competições e isso irá ajudar muito. Temos muitos bons atletas e que podem conseguir bons resultados. Tudo vai depender mesmo do desempenho de cada um. É uma competição que será bastante disputada em função de ter atletas de um nível técnico altíssimo. Mesmo assim confio na capacidade da nossa equipe e que voltaremos com muitos bons resultados”, disse Weverton.

 

 

ATLETISMO

Equipe Minas Olímpica participa com 15 atletas

Rodrigo Parreira busca melhorar a colocação no Ranking Mundial / Foto: Divulgação

A equipe Minas Olímpica, representante do Atletismo Paralímpico de Uberlândia e que vem sendo mantida pela Associação dos Paraplégicos de Uberlândia (Aparu) e Associação Paralímpica Uberlandense de Deficientes Visuais (Apuv), também participará da 1ª fase nacional do Circuito Brasil Paralímpico, em São Paulo, neste final de semana. O time participará do torneio com 19 integrantes, sendo 15 atletas, um guia, um apoio e dois treinadores (Rogério Borges e Leandro Garcia).

Os atletas participarão de 23 provas, que neste caso valem marcas para o ranking brasileiro e mundial, com destaque para Campeonato Mundial Adulto e Juvenil, pois este é último evento válido para obtenção de índices qualificatórios para estas competições. “As provas prometem ser muito acirradas, principalmente pelo fato de ser a última chance para os atletas conseguirem suas marcas para ir ao Mundial. Considero que a nossa equipe está no caminho certo e tem tudo para voltar para Uberlândia com grandes marcas e alguns classificados”, disse o treinador Leandro Garcia.

Um dos destaques do time uberlandense é o atleta Yuri Correa, que busca vaga para Mundial nos 100m rasos. Outros que estão no páreo é Wellington dos Santos, Clayton Pacheco, Rafael Nunes, Joana Silva, Mauro Souza e Edmar Oliveira. O maior nome na atualidade do paratletismo uberlandense e brasileiro, o medalhista paraolímpico Rodrigo Parreira, já está classificado para Campeonato Mundial e busca em São Paulo melhorar sua colocação no Ranking Mundial 2017.

 

Circuito Loterias Caixa Brasil Paralímpico 2017

1ª Fase Nacional: 2 a 4 de junho em São Paulo-SP

2ª Fase Nacional: 4 a 6 de agosto em São Paulo-SP

3ª Fase Nacional/Final: 27 a 29 de outubro em São Paulo-SP


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »