29/08/2017 às 15h36min - Atualizada em 29/08/2017 às 15h36min

Uberlândia – Terra Fértil

Uma cidade inovadora em seus 129 anos

ANTONIO CARLOS DE OLIVEIRA | COLUNISTA

Por mais de 40 anos, São Pedro de Uberabinha. Durante décadas, vários outros nomes foram cogitados, segundo pesquisa da professora-doutora Jane de Fátima Silva Rodrigues: Maravilha, Pindorama (em referência ao primeiro nome do Brasil dado por Pedro Álvares Cabral), Heliópolis (cidade luz), Rio Brilhante, Minas Altiva, Petrolândia, Théopolis, América, Icatú (água boa), Tingahy (águas claras), Vista Alegre, Paraíso, Fidelidade, Columbia, Triangulina, Arapiranga e Gardênia. Mas em 1929, um foi escolhido: Uberlândia. O significado do nome já parecia uma promessa: terra fértil.

A chamada "capital da logística" impressiona nos números: com mais de 600 mil habitantes, a cidade possui o 2° maior PIB (Produto Interno Bruto) do Estado de Minas Gerais e o 27° do Brasil.

E as estatísticas não param por aí: Uberlândia é a segunda melhor cidade em tratamento de água e esgoto do país, terceira melhor cidade para se viver do estado de Minas Gerais, a cidade mais rápida para se abrir empresas e a 17° melhor para se empreender.

Mas quando o assunto é logística, a cidade não para. A posição geográfica no território brasileiro a consolida nesse setor, afinal estamos localizados no centro de uma região que concentra cerca de 80 milhões de consumidores, que representam 58% do Produto Interno Bruto nacional. Além disso, é eixo de ligação direta entre cinco dos maiores pólos econômicos do Brasil: São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Goiânia e Brasília.

Nossa localização é privilegiada - entroncamento de importantes rodovias – o que nos garante a presença dos maiores atacadistas do país. Segundo dados da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, a cidade possui mais de 1.200 comércios atacadistas. Nessa lista estão inclusos os maiores do país: Martins, Arcom, Peixoto e Aliança. Juntas, essas empresas mantêm uma frota de cerca de três mil caminhões e carretas, geram mais de 10 mil empregos diretos e indiretos e abastecem mais de 700 mil clientes espalhados por todo o Brasil. Somente esse setor rende ao município mais de R$ 1,5 milhão por mês em impostos.

Mas esse não é o único fator que torna Uberlândia uma referência em logística. A cidade abriga, desde março de 2010, o Entreposto da Zona Franca de Manaus, estrutura que funciona como armazém para recebimento e estocagem de produtos industrializados na Zona Franca de Manaus e que depois são distribuídos para os principais centros comerciais e industriais do Brasil.

No ambiente de tecnologia e inovação, Uberlândia também vem se destacando a cada dia. Acolhedora quando o assunto são negócios, a cidade é famosa por receber e atrair investimentos locais a internacionais. Um exemplo disso é o desenvolvimento de startups que tende a aumentar 20% ao ano. Além disso, aqui estão mais de mil empresas no setor de Tecnologia da Informação.

Várias são as condições favoráveis a esses resultados. O próprio Sebrae proporciona capacitação e consultoria. O Conselho de Desenvolvimento Econômico (Coden), por meio de suas Câmaras Técnicas, abre o espaço para debater e analisar tecnicamente projetos inovadores da sociedade. Temos também o I9, uma entidade local que apóia e incentiva o empreendedorismo e a inovação por meio de eventos estratégicos e suporte para o desenvolvimento de empresas de base tecnológica.

Os frutos podem ser vistos de longe. Startups, aqui iniciadas, ganharam o mundo e já atuam no país e no exterior, como a Landix, que traz soluções para automação da força de vendas, e a Cedro Finances, focada no mercado de capitais.

Mais um sucesso é a Evnts, que inova no setor de turismo ao oferecer uma ferramenta que realiza reserva de hotéis online e que atende exclusivamente a grupos e eventos. Este ano, a startup será a responsável pelas reservas de hotéis e transfers do Rock in Rio 2017.

Outro destaque é a Zup, que propõe acelerar a digitalização de grandes companhias tradicionais. A startup criada em 2011 possui grandes clientes, como Vivo, Nextel, Banco Santander, Banco Original e Banco do Brasil e se prepara para expandir suas fronteiras para a Europa.

Mas apesar dos 129 anos, tudo isso é só o começo. Aos poucos e com a garra que nunca faltou ao município, é possível desenvolver ainda mais nosso setor de inovação. E não faltará terra fértil para que isso aconteça!

Todas as conquistas são frutos dos esforços de uberlandenses e uberlandinos que, de forma incansável, sempre acreditaram no sonho que a cada dia se consolida.

Parabéns Uberlândia pelos seus 129 anos!

Relacionadas »
Comentários »