05/01/2020 às 09h00min - Atualizada em 05/01/2020 às 09h00min

Menos simpatia e mais empatia: a ascensão das mulheres em cargos de liderança

TANIA MALAMUD

*Por Melina Alves

As mulheres caminham a largos passos rumo ao desenvolvimento de um ambiente de trabalho que favoreça a competência, a colaboração, a especialização e a transparência, valores que se tornam cada vez mais fundamentais para a sobrevivência da liderança no trabalho. Um recente estudo da OIT – Organização Internacional do Trabalho mostrou que a presença feminina em cargos executivos é um dos fatores que contribui para maior desempenho e lucratividade das empresas, já que de 75% das que optaram por mulheres no comando, cerca de 5% a 20% tiveram um aumento considerável nos lucros.

Mas, mesmo sensíveis à diversidade e tão ou mais capacitadas que os homens, a resistência à liderança feminina infelizmente ainda é um obstáculo na maior parte das empresas. Os números ratificam a afirmação de que a competência feminina é amplamente ignorada. Segundo dados do IBGE, os homens ainda ocupam 58,9% dos cargos executivos dentro das corporações e, quando tais posições são das mulheres, a remuneração recebida é aproximadamente 20% menor.

O curioso –e preocupante- é que essa discriminação também vem do público feminino. Não é raro encontrarmos mulheres que endossam tal discurso, atacando profissionais e executivas por serem mães, por exemplo. Cuidar da família e criar os filhos é considerado uma responsabilidade quase que exclusiva materna e incompatível com o mercado de trabalho. Ascender no organograma empresarial, ocupando cargos de liderança, é também visto por muitas mulheres como um abandono às responsabilidades domésticas e familiares.

É preciso derrubar esse arquétipo patriarcal de que a mulher é cuidadora e o viés inconsciente de que o homem nasceu para liderar. As empresas precisam promover a colaboração, a integração entre as pessoas e ter a liderança exercida pela competência e não mais pelo gênero. Há um imenso potencial criativo que está à margem do mercado ou é mal aproveitado nas empresas.

É passada a hora de sermos agentes ativos dessa transformação, abrindo espaço para quem realmente quer fazer a diferença. Só compreendendo as nuances da atualidade nos livraremos do preconceito e nos tornaremos capazes de desenvolver um mercado amplamente competitivo e uma nação que cresce por inteiro e de forma consistente. Pessoas com olhares distintos trazem soluções plurais. O tempo da simpatia passou. É hora de sermos empáticos.   
 
*CEO e fundadora da DUXcoworkers, Melina Alves é especialista em usabilidade e arquitetura da informação e está entre as 40 mulheres líderes de UX mais lembradas do país. A executiva é pós-graduada em Tecnologia da Informação pela Faculdade Impacta de Tecnologia e em Administração Empreendedora pela FGV.  A empresa liderada pela executiva tem espaço inclusivo para mães 90% de sua mão de obra composta por mulheres.


 
FUTEL FAZ MELHORIAS
A Futel, Fundação Uberlandense do Turismo, Esporte e Lazer, finalizou os serviços de manutenção e melhorias no Estádio Parque do Sabiá para que o local receba eventos esportivos e artísticos no ano que vem. Dentre as melhorias estão a revisão na parte elétrica e hidráulica, revitalização dos bares, da tribuna de honra, da sala de imprensa e dos camarotes, além de pintura dos corredores de acesso às cabines de rádio e vestiário principal e do anel inferior que contorna todo o estádio. O gramado está recebendo tratamento especial e no estacionamento externo foi feita a substituição de lâmpadas queimadas.
“Este é um serviço de manutenção que tem como objetivo conservar o patrimônio público e oferecer melhores condições ao público e jogadores. Teremos, já em janeiro, o Campeonato Mineiro e no mês de maio o show do Kiss”, disse Edson Zanatta, diretor geral da Futel.


 
UBERLÂNDIA REFRESCOS INAUGURA MICROMERCADO DE AUTOATENDIMENTO
A Uberlândia Refrescos acaba de inaugurar na sua Matriz, na Portaria 2, um micromercado de autoatendimento. Trata-se de uma mini conveniência que estimula a cultura de honestidade, o sentimento de pertencimento dos colaboradores e ainda resolve o problema para um ‘lanchinho’ no trabalho.

O negócio é um piloto e sua implementação foi idealizada e executada pelo setor de planejamento e controladoria, com apoio da alta direção. De acordo com Andrea Brandão, supervisora de planejamento e controladoria, o projeto surgiu num momento propício, no qual a empresa tem se dedicado ao desenvolvimento da inovação. “Acredito que, como eu, muitos estão satisfeitos com a novidad!”, conclui Andrea.

O sistema efetivado na empresa é totalmente self-checkout, ou seja, o colaborador mesmo pega o produto e realiza o pagamento. Além de oferecer alimentos que renovam as energias, a principal ideia do micromercado é reforçar a cultura de honestidade dentro da empresa.


 
UBERLÂNDIA DIGITAL
Desde 2017, o portal da Prefeitura de Uberlândia teve mais de 80 milhões de visualizações acumuladas. Nos últimos três anos, o número de recursos digitais para que a população tenha facilidade e rapidez no atendimento cresceu e chega a mais de 50 opções. O Município ainda conta com aplicativos para smartphones e projetos em andamento para ampliação do uso de tecnologia na rotina administrativa.

“Nesses 131 anos de Uberlândia, o que vemos é uma cidade que sempre busca inovar, crescer, evoluir e foi assim que nos fortalecemos como uma potência econômica de Minas Gerais. Não é preciso ser jovem para ser moderno e esse é um lema que trazemos para a nossa gestão frente à Prefeitura: valorizamos nossa história, honramos nosso passado, trabalhamos muito no presente sem nunca perder de vista que o que fazemos aqui tem impacto no futuro. Portanto, pensar tecnologicamente os processos tem provado ser o caminho”, avaliou o prefeito, Odelmo Leão.



A segunda maior cidade de Minas Gerais conquistou neste ano o primeiro lugar no Ranking Nacional de Serviços das Cidades Inteligentes. O resultado foi obtido frente a uma análise da consultoria Teleco sobre a aplicação de tecnologia em políticas públicas desenvolvidas nas 100 maiores cidades brasileiras. Uberlândia também tem a segunda posição no Ranking Cidades Amigas da Internet, que trata do estímulo à oferta de serviços de telecomunicações no Brasil.
 
E-COMMERCE BRASILEIRO FATURA
De acordo com levantamento do Compre&Confie, empresa de inteligência de mercado focada em e-commerce, o varejo digital brasileiro faturou R$14,1 bilhões entre 15 de novembro e 24 de dezembro, cifra que representa uma variação positiva de 29,9% no comparativo com o ano passado.

Junto com o aumento das vendas, crescem também as tentativas de fraudes. Segundo levantamento da ClearSale, empresa especialista em antifraude em diversos segmentos, o prejuízo evitado com compras fraudulentas aumento 91% em relação a 2018, chegando a R$ 292,5 milhões. As categorias preferidas pelos fraudadores são: Celulares, Games e Bebidas.

Além do faturamento, o número de pedidos também cresceu em 2019: foram realizadas mais de 31 milhões de compras no período e a alta no volume foi de 29,9% comparando com 2018. O valor do tíquete médio não sofreu variação e permaneceu em R$454,09.
Analisando as categorias de produtos que mais faturaram‘Telefonia e Eletrodomésticos’ e ‘Ventilação’ lideram com 14,8% e 14% respectivamente. Em seguida, ‘Entretenimento’, com 10,3%, e ‘Moda e Acessórios’, com 7,4%, foram as que mais faturaram. Por fim‘Informática e Câmeras’ completam o total com 6,8% do faturamento.

Nas categorias mais compradas, ‘Moda e Acessórios lideram o volume de pedidos: 15,2% do total. Em seguida, ‘Entretenimento e Beleza’ seguido de ‘Perfumaria e Saúdeaparecem com 10,9% e 10,1% das compras. Completando o Top 5 aparecem ‘Artigos Para Casa‘Telefonia’ que somam 6,7% e 5,7% respectivamente.
 
 ATÉ AMANHÃ
 As atrações de Natal do Center Shopping seguem até amanhã, 06 de janeiro.
 
BELEZA COM DESCONTO
 O Boticário está iniciando o ano com a Boti Promo, promoção que dá descontos de até 50% em mais de 700 produtos.
 

TOTVS FORTALECE OPERAÇÃO
A Totvs, empresa de software de gestão, anunciou que sua subsidiária Soluções em Software e Serviços TTS vai adquirir a empresa de tecnologia Consinco SA por R$ 197 milhões.

BRASIL MULTA FACEBOOK 
O Ministério da Justiça multou o Facebook em R$ 6,6 milhões pelo vazamento de dados de 443 mil brasileiros. Ao todo, as informações de 87 milhões de usuários foram usadas pela Cambridge Analytica, uma consultoria de marketing político, sendo 70 milhões nos Estados Unidos.

META FINANCEIRA
Dados apurados pela CNDL, Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas, e pelo SPC Brasil, Serviço de Proteção ao Crédito, mostram que apesar de o novo ser novo, alguns dos objetivos financeiros para 2020 já são velhos conhecidos do consumidor. Pelo segundo ano seguido, guardar dinheiro figura como a principal meta financeira do brasileiro para este ano (49%). Além disso, 30% planejam fazer uma viagem, 28% pretendem comprar ou reformar a casa e 27% querem tirar as finanças do vermelho.

PASSAGENS AÉREAS DE GRAÇA
 A Japan Airlines diz que doará 50 mil passagens de ida e volta, a partir de fevereiro deste ano. Mas, as passagens são apenas para voos saindo de Tóquio ou Osaka, para um dos quatro destinos escolhidos pela companhia aérea. A ideia é encorajar turistas a ir além dos destinos convencionais quando visitarem o Japão durante os Jogos Olímpicos.

 
*O conteúdo desta coluna é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a opinião do Diário de Uberlândia.









 

Tags »
Relacionadas »
Comentários »