16/01/2018 às 17h55min - Atualizada em 16/01/2018 às 17h55min

Bailarinos de Uberlândia competirão em Nova York

DA REDAÇÃO

João Victor Percilio participará pela primeira vez do Youth America Grand Prix / Foto: Fernanda Torquato/Divulgação

O ballet em Uberlândia continua comprovando sua qualidade. Pelo décimo ano seguido bailarinos do Ballet Vórtice de Uberlândia foram selecionados para uma das mais importantes competições do mundo, o Youth America Grand Prix (YAGP), em Nova York. Desta vez foram selecionados os bailarinos Ana Luiza Moraes Sartini, de 12 anos, Isabella Alcântara, de 13 anos e João Victor Percilio, de 14 anos. Os três são alunos de Guiomar Melo e Vladimir Rybyakov.

A competição será realizada entre os dias 13 e 20 de abril de 2018 no palco do Lincoln Center. Lá a bailarina Ana Luiza Sartini vai apresentar a variação feminina de “Grand Pas Classique”, Isabella Alcântara, a variação feminina do ballet “O Talismã” e João Victor, uma variação masculina do ballet “O Corsário”. Os três também retornarão ao palco em apresentações solo de dança contemporânea que serão especialmente criadas para eles, pela coreógrafa Carol Segurado.

Esta é a terceira vez que a bailarina Ana Luiza Sartini é selecionada para a competição. No ano passado ela ficou em terceiro lugar na categoria pré-competitiva, a única premiação feminina dada a uma representante brasileira na competição.

Isabella Alcântara também já foi selecionada e, no ano passado apresentou o pas de deux de “Pássaro Azul” com o bailarino Thiago Vinícius Silva, que foi um dos 16 finalistas da categoria júnior. O bailarino ainda recebeu uma bolsa integral de estudos na Princess Grace Kelly de Mônaco.

Esta vai ser a primeira vez que o bailarino João Victor Percilio, participa de uma competição internacional. Mesmo com só três anos de estudos de ballet clássico, ele acredita que vai fazer uma boa apresentação em Nova York. “Estou muito surpreso e muito feliz por essa notícia e bem confiante, pois foi muito tempo de preparo e pode ter certeza que eu vou dar o meu melhor nessa competição”, disse ele.

Para a professora Guiomar Melo, a aprovação dos bailarinos no Youth America Grand Prix ao longo dos anos “mostra que não importa aonde estejamos, o mais importante é que tenhamos bons professores. Porque são eles que encurtam o caminho para a concretização e realização de nossos sonhos, em qualquer profissão”.

YAGP

O YAGP é um dos maiores festivais competitivos de dança do mundo. Durante a competição os bailarinos participaram de aulas, recebem feedback individual dos jurados, se apresentaram diante dos diretores das principais escolas e empresas de dança do mundo e podem receber bolsas de estudo.
 

Notícias Relacionadas »
Comentários »