22/10/2016 às 08h35min - Atualizada em 22/10/2016 às 08h35min

Independência ou Mineirão contra o Inter? Questão divide opiniões no Galo

Atlético-MG vai decidir a vaga na final da Copa do Brasil em casa, mas palco ainda não está decidido. Marcelo Oliveira prefere o Gigante de Pampulha; Donizete, o Horto

A dúvida entre jogar no Independência ou no Mineirão não é nenhuma novidade para o Atlético-MG. O primeiro é menor, mas tem o estilo "caldeirão" e exerce uma pressão gigante nos adversários. O segundo é quase três vezes maior em relação à capacidade de público, mas tem o aspecto de "estádio", com um campo aparentemente maior e distância maior entre o campo e a torcida.

Ambos os palcos foram importantíssimos nas conquistas atleticanas nas últimas temporadas. Foi no Horto, por exemplo, o "Milagre de São Victor" contra o Tijuana. E no Mineirão ocorreram as conquistas da Libertadores 2013 e da Copa do Brasil 2014. Agora, o Atlético-MG está próximo de mais um jogo decisivo: a semifinal da Copa do Brasil 2016, contra o Internacional. E aí? Onde o time deve jogar contra o Inter? A questão divide opiniões no Galo.

Atlético-mg cruzeiro Independência Mineirão torcida (Foto: Editoria de Arte)

Atlético-mg cruzeiro Independência Mineirão torcida (Foto: Editoria de Arte)

Galo tem as duas opções para jogar contra o Inter: Independência e Mineirão (Foto: Editoria de Arte)

O técnico prefere o Gigante da Pampulha. Para Marcelo Oliveira, o estilo de jogo da equipe alvinegra - com boa troca de passes e qualidade técnica - é favorecido quando o time joga no Mineirão.

- Tem dois aspectos que têm que ser considerados. Por um lado, a pressão que se faz no independência, a história recente. Por outro lado, o Mineirão daria a oportunidade de levar muito mais atleticanos, de encher o campo, até pelo caráter de importância de decisão que tem esse jogo contra o Internacional, principalmente se a gente obtiver um resultado bom lá, e esperamos que seja assim. Eu tendo a optar sempre pelo Mineirão, pela qualidade do nosso time.

Leandro Donizete, volante do Atlético-MG (Foto: Reprodução / Sportv)

Leandro Donizete, volante do Atlético-MG (Foto: Reprodução / Sportv)

Se pudesse optar, Donizete escolheria o Independênncia (Foto: Reprodução/Sportv)

Se o comandante prefere o Mineirão, o "general" prefere o Independência. Leandro Donizete, um dos jogadores mais queridos pela torcida do Galo, garantiu que gosta mais de jogar no Horto. Segundo ele, lá é onde o Atlético-MG é "acostumado a decidir".

- Eu gosto do Independência. Bem melhor para eu jogar, me sinto super bem ali. Lógico que no Mineirão é casa cheia, 60 mil pessoas, melhor para a torcida. Mas acho que a pressão é outra no Independência, somos acostumados a decidir as coisas ali. O que importa mesmo é estar preparado para jogar nos dois campos.

De olho na opinião do adversário

Do lado Colorado da disputa, o treinador Celso Roth também foi questionado sobre a dúvida entre os dois estádios. Para ele, se o jogo for no Independência, o Inter terá mais dificuldades.

- Temos que tomar cuidado, principalmente se for no Independência. Se for no Mineirão, a gente joga um pouco mais.

O confronto ainda não tem palco definido, mas já tem data marcada. Atlético-MG e Internacional decidem quem vai para a final da Copa do Brasil no dia 2 de novembro. Antes disso, dia 26, às 21h45 (de Brasília), o primeiro jogo é Beira-Rio, casa do Colorado. Antes disso, o Galo recebe o Figueirense, neste domingo, às 19h30, no Independência, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro.



Notícias Relacionadas »
Comentários »