21/10/2016 às 05h45min - Atualizada em 21/10/2016 às 05h45min

Pratas da casa, Renan Lodi e Rossetto lideram uma nova safra no Atlético-PR

Dupla jogava ao lado de nomes como Marcão, José Ivaldo, Nicolas, Juninho e Yago no estadual sub-19 de 2015. Eles estão no grupo principal e têm dado conta do recado

CARROSSEL - base atlético-PR - 300 (Foto: Editoria de Arte)

CARROSSEL - base atlético-PR - 300 (Foto: Editoria de Arte)


O Atlético-PR conta com pratas da casa já consolidados no time titular, como os volantes Otávio e Hernani (ambos de 22 anos) e o atacante Pablo (de 24). O clube trabalha, agora, para que uma nova geração também tenha sucesso. Oito jogadores que disputavam o estadual sub-19 em 2015 estão, hoje, no grupo principal e têm conquistado cada vez mais espaço. O lateral-esquerdo Renan Lodi e o volante Matheus Rossetto lideram esta nova safra criada no CT do Caju.

Com apenas 18 anos, Renan Lodi tem mostrado personalidade. Apesar de não ter sido titular no Campeonato Paranaense sub-19 do ano passado, ele já tem atuações seguras: tanto na derrota para o Grêmio fora de casa quanto na vitória no clássico Atletiba na Vila Capanema. O camisa 98 está no Furacão há quatro anos e jogava pelo sub-19 até o início do mês.

Marcão, José Ivaldo,  Nicolas, Renan Lodi, M. Rossetto, João Pedro, Juninho, Guilherme e Yago jogavam o estadual sub-19 em 2015 e estão no grupo principal atualmente

Já Rossetto, mais experiente que o companheiro (20 anos), soma 12 jogos na temporada e já tem dois gols marcados - nas vitórias sobre Chapecoense e Coritiba, pelo Campeonato Brasileiro. No clube desde 2010, ele tem passagem pela Ferroviária no Paulistão deste ano. Antes reserva de Otávio e Hernani, ele agora é titular ao lado da dupla, ganhando a vaga de um atacante.

Renan Lodi e Matheus Rossetto são símbolos da nova safra atleticana, mas não são os únicos. Outros sete jogadores também disputavam o estadual sub-19 em 2015 e estão no grupo principal. É o caso dos zagueiros Marcão e José Ivaldo, do lateral-esquerdo Nicolas, do meia João Pedro e dos atacantes Juninho, Guilherme e Yago.

Todos eles têm sido utilizados por Paulo Autuori nesta temporada. Marcão, Nicolas e Juninho, por exemplo, acumulam 11 jogos cada. João Pedro tem oito jogos. Yago, seis. José Ivaldo e Guilherme, apenas dois.

Meta alcançada

Rejuvenescido, o Atlético-PR alcança um objetivo traçado ainda em janeiro, no início da gestão comandada por Luiz Sallim Emed e Mario Celso Petraglia. Na época, a diretoria tinha definido como meta ter o grupo formado por 50% de pratas da casa. Com as saídas de jogadores como Vinícius e Walter e a promoção de garotos da base, o Furacão tem atualmente 51% do elenco formado no CT do Caju - são 16 pratas da casa de um total de 31 jogadores.

O número seria ainda maior se o goleiro Lucas Macanhan (contusão no joelho direito) e o zagueiro Cleberson (lesão no joelho), ambos da base, não estivessem machucados. Com os 16 jovens, é possível armar um time com os pratas da casa que estão no profissional - seria necessária apenas uma improvisação, com Matheus Rossetto na lateral direita. Veja como ficaria:

Atlético-PR base pratas da casa (Foto: Arte/GloboEsporte.com)

Atlético-PR base pratas da casa (Foto: Arte/GloboEsporte.com)


O presidente do Atlético-PR, Luiz Sallim Emed, diz que o objetivo agora é ter 70% do grupo formado por pratas da casa. Ele também promete "formar e manter", citando jogadores como Otávio, Hernani e Marcos Guilherme, que, apesar de terem recebido propostas de clubes do exterior nas últimas janelas de transferências, o clube quis mantê-los.

Outros pratas da casa, como Caio Alan, Gustavo Cascardo, Íkaro e Mosquito, também treinam com o grupo principal, mas não estão "oficialmente" promovidos

- A primeira coisa é que a contagem deve ser feita em números absolutos. Tem outros meninos que não vêm jogando, mas que têm treinado. Aí, se não for de 70%, está muito próximo deste número. É uma grande satisfação poder estar honrando, quer dizer, cumprindo esta meta estabelecida no início do ano. Mas isso não é da atual gestão. Isso já é tradição no Atlético. É um trabalho fundamental porque não conseguimos competir com os maiores clubes para ter jogadores já prontos. Então, a política é formar e manter. Aí posso citar o Sidcley, o Otávio, o Hernani, o Marcos Guilherme e outros, que preparamos aqui e conseguimos manter - falou o mandatário rubro-negro em entrevista exclusiva ao GloboEsporte.com.

O volante Matheus Rossetto elogia o trabalho feito pelo Atlético-PR e fala sobre reencontrar, no grupo principal, companheiros dos tempos de categoria de base:

- É um reconhecimento muito bom. Poucos clubes no Brasil fazem o que o Atlético faz, colocando os jogadores jovens na equipe. Estou muito feliz de poder jogar novamente com o Hernani e o Otávio. São jogadores com os quais cresci jogando bola - falou o camisa 20 ao site oficial.

O próximo compromisso de Renan Lodi, Matheus Rossetto e companhia será contra o América-MG. O jogo, válido pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro, está marcado para 20h (horário de Brasília) de segunda-feira, no Independência, em Belo Horizonte. Um provável Furacão conta com Weverton; Léo, Paulo André (Wanderson), Thiago Heleno e Renan Lodi (Sidcley); Otávio e Matheus Rossetto; Hernani, Lucho González e Lucas Fernandes; Pablo.

- Estamos focados em uma vaga na Libertadores e eles (do América-MG) querendo sair da zona de rebaixamento. Vai ser um jogo muito importante e essa semana temos que trabalhar firme para poder conquistar essa vitória fora de casa - concluiu Matheus Rossetto, provável titular.

América-MG x Atlético-PR (32ª rodada do Campeonato Brasileiro)
Local:
Independência, em Belo Horizonte
Data e horário: segunda-feira, às 20h (horário de Brasília)
Escalação: Weverton; Léo, Paulo André (Wanderson), Thiago Heleno e Renan Lodi (Sidcley); Otávio e Matheus Rossetto; Hernani, Lucho González e Lucas Fernandes; Pablo
Desfalques: goleiro Lucas Macanhan (contusão no joelho direito), zagueiro Cleberson (lesão no joelho) e atacantes Luan (lesão na coxa esquerda) e André Lima (edema no joelho esquerdo)
Pendurados: Marcão, Thiago Heleno, Hernani, Pablo, Luan e André Lima
Arbitragem: Luiz Flavio de Oliveira (SP) apita, com Rodrigo Henrique Correa (RJ) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP) nas bandeiras
Transmissão: SporTV e Premiere FC
Tempo Real: pelo GloboEsporte.com, a partir de 19h de segunda-feira

Confira mais notícias do esporte paranaense no globoesporte.com/parana



Notícias Relacionadas »
Comentários »