07/10/2016 às 14h35min - Atualizada em 07/10/2016 às 14h35min

Léo explica convite a Giovanni, e santistas valorizam lembrança: "Ídolo"

Ex-lateral, que fará sua despedida oficial em amistoso contra o Benfica, neste sábado, chamou o também consagrado Messias para fazer parte da festa

Giovanni foi convidado por Léo para amistoso do Santos contra o Benfica (Foto: Divulgação)

Giovanni foi convidado por Léo para amistoso do Santos contra o Benfica (Foto: Divulgação)

Giovanni foi convidado por Léo para amistoso do Santos contra o Benfica (Foto: Divulgação)

Além da Vila Belmiro, que completa 100 anos no próximo dia 12, Léo também será protagonista no amistoso entre Santos e Benfica, neste sábado, às 16h05 (de Brasília). O ex-lateral, que fará sua despedida oficial pelo clube, resolveu dividir os holofotes com outro ídolo: Giovanni.

Partiu de Léo a ideia de convidar o Messias para fazer parte da festa. O ex-meia também não teve uma despedida oficial pelo Peixe. 

– O Giovanni é um ídolo do clube, um ídolo meu, e não lembro se ele teve uma homenagem por tudo que representa e fez pelo clube. Então, nada mais justo homenagear esse ídolo, e que, de repente, não teve uma homenagem digna – explicou Léo.

A participação de Giovanni no amistoso alegrou aos santistas Elano, Renato e Ricardo Oliveira, que não puderam jogar ao lado dele, mas o admiravam.

VISITE A PÁGINA ESPECIAL DO CENTENÁRIO DA VILA

– Confesso que vai ser uma realização poder jogar com o Giovanni. Um ídolo que eu vi pela televisão e que também merece. Fico feliz quando os clubes valorizam os seus ídolos. O Léo foi muito feliz e o Santos também pela escolha de convidá-lo – disse Elano.

Elano, Léo, Renato e Ricardo Oliveira, Santos (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Elano, Léo, Renato e Ricardo Oliveira, Santos (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Elano, Léo, Renato e Ricardo Oliveira durante entrevista coletiva na Vila (Foto: Ivan Storti/Santos FC)



– É muito justo chamar o Giovanni, que também é ídolo do clube. Vai ser muito legal ter ele do nosso lado – concordou Renato.

– Meu sentimento é de alegria, porque vou me alegrar com o Léo e com o Giovanni, que admiro e admirei. Grande história dentro do clube. Posso ver ele se emocionar e eu me emocionar junto. Esperamos que o torcedor torne esse momento inesquecível e que possamos fazer uma grande festa para todos – concluiu Ricardo Oliveira.

Giovanni se aposentou após rápida passagem pelo Santos no primeiro semestre de 2010, e não se despediu oficialmente do clube. Ele só fez sete jogos e ficou chateado por ser pouco aproveitado.

*Colaborou sob supervisão de Ivair Vieira Jr



Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »