25/05/2022 às 08h30min - Atualizada em 25/05/2022 às 08h30min

Polícia prende quadrilha especializada em crimes de estelionato em Uberlândia

Três autores foram detidos durante ação policial nesta terça (24)

REDAÇÃO I DIÁRIO DE UBERLÂNDIA
Militares apreenderam arma de fogo com munições durante operação I Foto: Polícia Militar/Divulgação

Três membros de uma quadrilha especializada em crimes de estelionato foram presos na noite desta terça (24), no bairro Tocantins. A ação contou com a participação da Polícia Militar (PM) de Uberlândia e a Polícia Militar do Estado de Goiás (PMGO).

A ocorrência teve início após a polícia local ser acionada por equipes do batalhão rural da PMGO para prestar apoio em uma ação com o objetivo de prender integrantes de uma quadrilha que vinha aplicando golpes em Goiânia (GO). Segundo informações, o grupo criminoso estaria usando o nome de um produtor rural da cidade de Morrinhos (GO) para comprar fertilizantes no crediário em uma loja situada na capital goiana.

Ainda nesta terça, a PMGO havia interceptado, na cidade de Itumbiara (GO), uma carga de fertilizantes que seria entregue em Uberlândia. O motorista do caminhão alegou que havia sido contratado para o frete por meio de um aplicativo. Ao ser questionado para quem entregaria os produtos, o condutor mostrou a conversa em uma rede social, na qual combinava com um dos criminosos os valores do frete e onde a carga seria entregue. O motorista informou que o suspeito já havia realizado dois depósitos bancários em seu nome, sendo um no valor de R$ 1,7 mil e outro de R$ 150, e que o restante do valor seria pago em dinheiro no ato da entrega dos fertilizantes.

Com as informações repassadas pela equipe da PMGO, os militares de Uberlândia montaram uma operação nas proximidades de um posto de combustíveis. Em certo momento, três indivíduos desembarcaram de uma caminhonete e entraram rapidamente na loja de conveniência do local. Em seguida, eles voltaram para o veículo e "ficaram dando voltas no pátio", de acordo com a ocorrência. A situação chamou a atenção da PM, que tentou realizar a abordagem, mas a quadrilha fugiu pelo anel viário, sentido ao bairro Taiaman, não sendo mais vista pelos policiais.

Algumas horas depois, a PM localizou a caminhonete transitando pela BR-365 e entrando no bairro Tocantins. Após perseguição, o veículo foi abordado na rua Clésio da Cunha Resende. Dentro da caminhonete estavam o motorista de 38 anos e dois passageiros, com idades de 28 e 23 anos. De acordo com a polícia, um dos criminosos destruiu parcialmente um dos aparelhos celulares, dobrando o aparelho ao meio.

Ainda durante as buscas, foram encontrados R$ 1,2 mil com um dos autores, além de uma maleta com uma pistola com dois carregadores contendo 12 munições. Dentro de um coldre, haviam ainda dois porta-munições contendo 23 munições. A PM encontrou ainda com um dos membros da quadrilha dois comprovantes de depósito bancário nos valores de R$ 150 mil, realizados em nome do motorista do caminhão que realizava o transporte da carga de fertilizantes.

O veículo foi removido ao pátio local. Com relação à arma encontrada, o autor apresentou um registro válido, mas não apresentava o Certificado de Registro de Arma de Fogo (CRAF) da pistola. Ele é filiado a um clube de tiro em Uberlândia. O trio foi preso e todos os materiais foram apreendidos e levados à Delegacia.

Compartilhe esta notícia no WhatsApp
Compartilhe esta notícia no Telegram


VEJA TAMBÉM:

Ciclista de 74 anos morre após ser atropelado por carreta em Uberlândia


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »