27/01/2022 às 17h20min - Atualizada em 27/01/2022 às 17h20min

Galo começa temporada 2022 com algumas mudanças e dúvidas

ESPECIAL PARA O DIÁRIO | MIGUEL AMADO
Pixabay
O Atlético Mineiro, bicampeão brasileiro e da Copa do Brasil, se reapresenta na Cidade do Galo para a temporada 2022 com algumas diferenças. A principal delas é no comando técnico: Antonio “El Turco” Mohamed substitui Cuca.

Depois de receber duas respostas negativas de dois técnicos portugueses, Jorge Jesus e Carlos Carvalhal (do SC Braga), o clube mineiro fechou a contratação do argentino naturalizado mexicano "El Turco" de 51 anos.

O treinador não estava trabalhando desde sua saída do Monterey em 2020. Este com certeza será o maior desafio de toda sua carreira, devendo treinar o Galo por uma temporada com opção de renovação por mais uma.

A pressão não será fácil. Sem dúvidas o Galo hoje é uma das potências do futebol brasileiro, tendo dominado o cenário nacional em 2021.
Quem quiser apostar no Atlético terá que encarar odds baixas porque o time continuará favorito, já que Hulk, Guilherme Arana, Keno, Nacho Fernandez e outros grandes nomes continuam.

Ao
abrir conta Bet365, observe as odds dos times brasileiros nas competições mais importantes, como a Copa do Brasil, Libertadores e posteriormente o Campeonato Brasileiro.

Junto com Flamengo e Palmeiras, o Atlético será favorito em casa e em vários jogos fora de casa, portanto estude bastante antes de dar seus palpites. Aproveite o bônus de boas-vindas da casa e aposte em uma plataforma de credibilidade, sempre lembrando em jogar de forma segura.

El Turco busca seu espaço

Seu currículo não é dos mais expressivos, tendo conquistado com o Independiente da Argentina a Copa Sul-Americana de 2010 quando venceu nos pênaltis a equipe do Goiás. Já trabalhando no México, El Turco levantou as taças do Apertura pelo Tijuana (2012), América (2014) e Monterrey (2019).

Ainda em 2019 conquistou o torneio Apertura da Copa do México. Chegou a ser eleito o melhor técnico da Liga Mexicana em 2015 e 2016, além de ter uma passagem pelo Celta de Vigo da Espanha no ano de 2018.

Chegadas e saídas

O Galo além de perder o seu treinador vitorioso Cuca, tem perdido alguns jogadores importantes como Júnior Alonso, vendido ao Krasnodar da Rússia, e Diego Costa que acabou rescindindo o contrato e ainda permanece sem clube.

Além dessas três saídas, o meia Nathan saiu por empréstimo de uma temporada ao Fluminense e o volante Alan Franco também foi cedido por empréstimo à equipe americana do Charlotte FC.

A meta do Atlético Mineiro é manter ao máximo sua equipe titular, mas ao mesmo tempo a saída desses jogadores traz certo alívio à folha salarial do clube, permitindo assim folga para que sejam efetuadas novas contratações.

Estima-se que com a
rescisão de Diego Costa, os empréstimos de Nathan e Alan Franco e a venda de Junior Alonso, o Galo chegará a uma economia de mais de R$ 30 milhões de reais.

Uma das grandes contratações do Galo para 2022 foi o zagueiro uruguaio Diego Godín, de 35 anos. O capitão da Seleção Uruguaia apelidado de “El Faraón” ou ``Faraó'', teve grande destaque no futebol espanhol, passando por Villarreal e Atlético Madrid, onde jogou por nove temporadas. Pelos colchoneros conquistou nada menos do que oito títulos.

Depois foi jogar na Itália, primeiramente na Inter e depois no Cagliari, onde após a rescisão de seu contrato acabou vindo para o Galo. Apesar da idade (faz 36 anos ainda este ano), o zagueiro uruguaio chega com muita vontade e ocupará a vaga deixada pelo paraguaio Junior Alonso.

O Atlético Mineiro também anunciou para esta temporada dois reforços. Um deles é o atacante Fábio Gomes, de 24 anos, que estava no New York Red Bull da MLS, liga de futebol dos Estados Unidos e que tinha seus direitos federativos pertencentes ao Oeste do interior de São Paulo. Fábio Gomes assinou contrato com o Galo até 31 de dezembro de 2025.

Outra contratação da equipe mineira vem do rival América Mineiro. O também atacante Ademir de 26 anos já havia assinado um pré-acordo com o Atlético ainda em setembro do ano passado e seu contrato terá duração até dezembro de 2024.

Enfim, a espinha dorsal da equipe mineira está mantida e o Atlético Mineiro estreia na nova temporada pelo Campeonato Mineiro. O mais provável é que entre em campo ainda com uma equipe alternativa.

Os torcedores do Galo aguardam ansiosos e esperam que seu clube continue galgando posições cada vez maiores no cenário futebolístico.


Essa publicação é de responsabilidade do autor e não representa necessariamente a opinião do Diário de Uberlândia
 

Notícias Relacionadas »
Comentários »