13/12/2021 às 16h15min - Atualizada em 13/12/2021 às 16h15min

Os 3 eletrodomésticos indispensáveis para quem mora sozinho: torne a sua rotina mais fácil

ESPECIAL PARA O DIÁRIO | CELSO MARTINS
Vitor Monthay no Pexels
Morar sozinho é realidade para muitas pessoas atualmente. Quem sai da casa dos pais ou resolve ter uma rotina mais “solitária” aprende a lidar mais cedo com as maiores responsabilidades da vida. Contas para pagar, casa para arrumar, eletrodomésticos para comprar. Tudo isso assusta bastante à primeira vista.
 
Por outro lado, apesar dessa forma “moderna” de viver receber muitas críticas, também oferece vantagens que você não encontra quando está dividindo a casa diariamente com outras pessoas. Ter um ambiente personalizado, como você sempre quis, é uma das maiores vantagens desse formato autossuficiente de viver. Além disso, também podemos falar sobre a privacidade e o amadurecimento, que são cada vez mais valorizados nos tempos de hoje.

Se você está nessa nova aventura e precisa saber como reorganizar a sua rotina de forma prática e econômica,
separamos algumas dicas que podem ser bem úteis para otimizar o seu tempo e tornar as coisas muito mais simples. Veja abaixo.

O que não fazer quando estiver morando sozinho(a)

É muito comum que as pessoas tenham dúvidas sobre o que fazer quando estiverem sozinhas em um novo espaço. O que comer, como organizar a vida financeira, como planejar e personalizar os cômodos e principalmente sobre quais eletrodomésticos comprar para conseguir se adaptar a essa nova rotina, são os primeiros questionamentos. 

Já que morar só oferece um leque de possibilidades e é uma vida cheia de liberdades e independência, trouxemos algumas rápidas recomendações sobre o que não fazer quando chegar esse momento! Saiba quais são para não “tropeçar” em erros.

Não faça nada sem planejar com bastante antecedência:
Ir para um novo ambiente, viver sozinho(a), não é uma escolha que deve acontecer muito rapidamente. Essa atitude exige bastante planejamento para não trazer problemas no curto a médio prazo. 

Escolher o espaço adequado, pensar na segurança e ter dinheiro suficiente para comprar o que você precisa é essencial. A nossa dica é colocar tudo no papel e planejar todas as suas necessidades, pensando no que fazer para ter uma rotina confortável e independente.

Não saia gastando com tudo o que ver pela frente:
Um dos erros mais comuns de quem vai morar só é não fazer uma boa análise dos seus gastos financeiros. Mesmo que não pareça, essa é uma atitude que envolve muito o seu bolso, e gastar os seus recursos de qualquer forma não vai te ajudar.

Utilizar uma boa planilha ou aplicativo de controle de gastos será um ótimo incentivo para chegar até a sua independência financeira com consciência!

Não desperdice o seu tempo ocioso:
Estar sozinho traz muito mais liberdade para fazer o que você sempre quis. Aproveitar esse universo de solitude para investir ainda mais em você é uma boa forma de desenvolver novas habilidades. 

Planejar viagens para conhecer novas culturas, praticar atividades físicas ao ar livre, iniciar cursos online para aprender novos idiomas e criar um network com pessoas que também gostam das mesmas coisas que você. Essas são algumas das diversas formas de estimular ainda mais a sua independência, utilizando o seu tempo de forma produtiva e trazendo novas experiências para a sua rotina. 

Não crie espaços sem utilidade na sua casa:
Saber aproveitar bem todos os espaços da casa vai te ajudar bastante na hora de organizá-la, facilitando a sua rotina e evitando que você passe horas limpando e refazendo tarefas.

Guardar muitas coisas e ocupar lugares que não são utilizados com frequência vai te obrigar a fazer as famosas “faxinas” com mais frequência, para tirar o acúmulo de poeira e deixar tudo no seu devido lugar. Prefira sempre espaços planejados e práticos. 

Ao invés de fazer da mesa de jantar o seu home office, dedique um local reservado para isso, para não ter que reorganizar tudo nas horas das refeições. Essas pequenas atitudes fazem da rotina mais agradável e versátil para quem mora só. 

Não compre eletrodomésticos sem utilidade:
Máquinas de café que nunca são utilizadas, micro-ondas que não precisamos e diversos outros eletrodomésticos que compramos sempre, sem sequer precisarmos. Isso é muito comum na rotina de quem vai morar sozinho. O receio de faltar algo sempre leva a compras impulsivas de coisas sem muita utilidade, na prática. 

Para te ajudar, criamos uma lista dos 3 eletrodomésticos mais importantes para quem mora sozinho(a). Veja, mais adiante, quais são eles e entenda por que os escolhemos!

Os 3 eletrodomésticos mais importantes para quem mora sozinho(a)

Agora que você já tem algumas dicas importantes, saiba quais são os três eletrodomésticos que não podem faltar na sua casa, além de saber como eles podem te ajudar a criar um ambiente mais confortável e organizado!

Lava-louças
Embora pareça um aparelho de luxo para uma cozinha bem-estruturada, uma máquina de lavar louças é um eletrodoméstico cada vez mais comum nas residências de quem decide morar sozinho(a). 

Com preços bem acessíveis no mercado, ela pode te livrar da principal reclamação das pessoas que passam por esse momento: ter que lavar as louças na mão sempre que utilizar. Especialmente após preparar o almoço ou o jantar, quando o número de utensílios sujos é bem maior. 

Comprar uma lava-louças, além de te ajudar a economizar tempo, também pode tornar a sua rotina mais prazerosa.

Aspirador de pó
Retirar a poeira do piso com vassoura é uma tarefa entediante para qualquer pessoa, que sofre na hora de deixar a casa limpa. 
Um bom
aspirador de pó é uma ótima ferramenta para manter o ambiente livre de ácaros e de sujeiras que se instalam na casa durante todo o dia. Bastam poucos minutos e os cômodos estarão limpos novamente!

Geladeira
Considerado aparelho essencial, a geladeira é o eletrodoméstico mais importante em uma residência, afinal, é através dela que você poderá conservar os seus alimentos para uso diário.

A dica mais importante na hora de comprar uma geladeira é escolher o produto por sua utilidade, e não pela aparência. Optar pelo espaço adequado para o que você precisa e funcionalidades como gelágua são formas de economizar mais dinheiro na hora de adquirir os eletrodomésticos necessários!

Conclusão

Após ver todas as nossas dicas sobre como morar sozinho, além dos equipamentos mais importantes para ter em casa, basta planejar a sua nova experiência e aproveitar cada momento de liberdade!


Essa publicação é de responsabilidade do autor e não representa necessariamente a opinião do Diário de Uberlândia


 

Notícias Relacionadas »
Comentários »