24/11/2021 às 17h50min - Atualizada em 24/11/2021 às 17h50min

Entenda o que é o 4.5G da Vivo e saiba como usar

EVANDRO VOLTOLINI | ESPECIAL PARA O DIÁRIO
Você se lembra que até alguns anos atrás a gente precisava chegar em casa para se conectar à internet (discada) e os celulares só serviam para ligar ou mandar mensagens? Pois é! Ainda bem que a tecnologia evolui e, hoje, nós podemos contar com uma internet móvel rápida e estável em qualquer lugar, direto no smartphone.

Ainda assim, há um novo tipo de conexão ainda melhor que o 4G chegando a centenas de cidades em todo o Brasil: o 4.5G da Vivo. Para saber como funciona essa tecnologia, quais são as diferenças entre o 4G e o 4.5G da Vivo, bem como o passo a passo para aproveitar essa novidade, continue lendo esse texto.

O que é o 4.5G da Vivo? Como funciona?

Em resumo, trata-se de uma evolução da internet móvel 4G, oferecendo até 10 vezes mais velocidade no seu celular. Com isso, você tem sinal mais estável e consegue baixar arquivos com mais rapidez.
 

Sabe aquele vídeo que mandaram no WhatsApp ou os stories dos seus amigos no Instagram? Eles podem carregar num piscar de olhos com o 4.5G da Vivo!

Agora, explicando mais detalhadamente porque a cobertura 4.5G Vivo é mais rápida que o 4G, é importante entender que o sinal de internet móvel é transmitido por torres e ondas de rádio. Elas funcionam em frequências, que são como "ruas" por onde o sinal viaja. Cada operadora tem direito a utilizar algumas faixas de frequência determinadas.

Entendendo isso, a principal diferença entre o 4G e o 4.5G é que o primeiro usa somente uma faixa de frequência para transmitir dados para o seu celular, enquanto o 4.5G da Vivo combina até três faixas de uma vez. É como se a tal "rua" que mencionamos fosse alargada, permitindo que os dados viajem mais rápido.

Além disso, o 4.5G da Vivo conta com outra tecnologia chamada MIMO 4X4, que estabelece uma comunicação de quatro antenas entre a torre e seu celular — no 4G são somente duas. É tudo isso junto que faz o 4.5G ser tão mais rápido do que a internet móvel que já conhecemos.

Como usar o 4.5G da Vivo?

É bastante simples. Tão simples que você talvez já esteja navegando e nem saiba disso. Isso porque o 4.5G da Vivo já está disponível em cerca de 1000 cidades em todo o Brasil e a mudança é automática: se você está na área de cobertura, seu celular já se conecta ao 4.5G. Para consultar a área de cobertura do 4.5G da Vivo, é só consultar o site da operadora.

Então, trocando em miúdos, tudo que você precisa é de um chip da Vivo e um smartphone que ofereça suporte à tecnologia. Os primeiros celulares compatíveis com 4.5G — como o iPhone 6S e o Samsung Galaxy S6 — foram lançados lá em 2015. Depois, a tecnologia foi se popularizando e, hoje em dia, quase todos os modelos vendidos no Brasil são compatíveis.

Alguns celulares mostram um ícone diferente na parte de cima da tela quando entram na cobertura 4.5G Vivo. Já nos iPhones, o ícone permanece mostrando 4G, mesmo que você esteja usando a rede mais rápida — mas também é possível fazer um teste de velocidade, com algumas ferramentas disponíveis na internet.

Quais planos da Vivo tem 4.5G?

Essa é outra pergunta simples de responder: todos. Então, não importa se você tem o Vivo Pós, Vivo Controle ou até mesmo o Pré Turbo — se você está na área de cobertura 4.5G Vivo e se conecta à rede móvel da operadora, automaticamente você está usando o 4.5G. Como dito, a conexão mais rápida já está disponível em 1000 cidades. A título de curiosidade, o 4G da Vivo cobre 88% do território brasileiro.

Isto posto, é importante explicar que o 4.5G não gasta mais franquia. Se um vídeo tem 5MB, por exemplo, ele vai continuar gastando isso da sua franquia, independente da velocidade. A diferença é que, no 4.5G da Vivo, esses 5MB vão chegar mais rápido no seu celular — até 10 vezes mais rápido, na verdade. Interessante, né?

Então, para começar a acessar redes sociais, curtir filmes e músicas via streaming e receber mensagens com toda velocidade do 4.5G da Vivo, você só precisa adquirir um dos
planos da Vivo, instalar o chip no seu celular e aproveitar!
 
 

 Essa publicação é de responsabilidade do autor e não representa necessariamente a opinião do Diário de Uberlândia
 

Notícias Relacionadas »
Comentários »