18/10/2021 às 17h19min - Atualizada em 18/10/2021 às 17h19min

O que são Lawtechs?

PUBLIEDITORIAL
As Lawtechs são basicamente soluções tecnológicas que vieram para facilitar a vida dos advogados e revolucionar o meio jurídico como um todo. Assim como em todos os setores do mercado, as lawtechs são reflexos da transformação digital que foi acelerada de forma expressiva nos últimos anos.

De acordo com uma pesquisa realizada pela Samba Digital no Brasil, 47,3% das empresas já possuem uma estratégia de transformação digital e 30,5% já estão elaborando uma estratégia. Tudo isso evidencia a urgência das empresas brasileiras em obter novas soluções digitais, a fim de se manter no mercado e garantir um posicionamento no futuro. Para os advogados e demais empresários do meio jurídico, essa realidade já se torna possível por meio das lawtechs.

Investir na tecnologia é uma das inovações que vem ganhando espaço no meio jurídico, abrindo novas oportunidades para startups que se preocupam com a evolução do mercado jurídico e buscam explorar novas soluções tecnológicas para esse mercado.

Quer entender melhor como tudo isso funciona? Separamos algumas informações importantes sobre as lawtechs e como implementá-las na prática.

O conceito por trás do termo
O termo Lawtech é a abreviação de Legal Technology, basicamente a junção da advocacia com as soluções tecnológicas, ou seja, trabalhos manuais que demandam uma quantidade significativa de tempo dos advogados foram otimizados e digitalizados.

As lawtechs ou legaltechs são startups visionárias, que vieram para revolucionar o mercado jurídico em todos os seus níveis.

Hoje em dia, poder superar burocracias tradicionais, economizar tempo e poder realizar atividades de forma remota faz parte das novas demandas do mercado e do público em geral.

A tecnologia vem justamente para solucionar esses problemas, além de contribuir para uma sociedade também sustentável. Todas essas ideias e conceitos estão por trás das famosas startups, incluindo as lawtechs.

Toda essa inovação tecnológica contribui positivamente para o setor jurídico e os cidadãos que buscam esse serviço, pois além de melhorar a rotina dos advogados, as lawtechs também geram uma conexão mais direta entre os sujeitos e o meio jurídico.

Além disso, as lawtechs estão fazendo com o meio jurídico o que as fintechs fizeram com o meio financeiro e bancário no mundo todo, entregando mais praticidade, mais economia de tempo e mais agilidade em processos burocráticos.

Para o mercado jurídico, esse avanço na tecnologia pode ter impactos diretos e positivos ao acesso à justiça.

Principais soluções Lawtechs
Dentre o mercado das lawtechs, há uma variedade de softwares e soluções tecnológicas com a finalidade de facilitar a vida dos advogados e do meio jurídico.

O mercado foi crescendo e em meio a tantos avanços, novas soluções foram criadas, gerando ainda mais possibilidades aos escritórios de advocacia e advogados em geral.

As lawtechs são divididas em diferentes categorias, cada uma com uma solução específica e os seus benefícios. Separamos algumas das principais delas.

Automação e Gestão de documentos
A automação veio para reduzir de forma drástica o tempo gasto com o preenchimento de documentos nos escritórios de advocacia. Essas lawtechs são ótimas soluções de automatização dos documentos jurídicos, ou seja, são softwares que irão mudar por completo a rotina de advogados que gastam grande parte do seu tempo na criação de documentos.

A Looplex e a Linte são exemplos de lawtechs voltadas para automação e gestão de documentos. Todas essas startups estão em visibilidade no mercado, com domínio registrado na web e um grande alcance nas mídias digitais.

Compliance
As normas e regras estão presentes em todos os departamentos, inclusive o meio jurídico. Compliance está relacionado a todos esses fatores, controles internos e de governança que fazem parte do mercado.

As lawtechs voltadas para compliance possuem ferramentas que auxiliam os advogados nessas práticas, contribuindo de forma mais prática para o cumprimento das mesmas.

Analytics e jurimetria
Está relacionado à análise de dados da ferramenta, ou seja, são ferramentas que fornecem aos escritórios de advocacia uma perspectiva precisa e detalhada a respeito dos processos judiciais.

Essa categoria é uma das principais dentro do mercado de lawtechs e possui benefícios muito significativos na rotina dos advogados, podendo até mesmo calcular as porcentagens de êxito dos processos, por meio da tecnologia e da jurisprudência.

Gestão de escritórios e departamentos jurídicos
Existe uma quantidade expressiva de lawtechs nesta categoria, visto que a gestão de rotinas dos escritórios e departamentos jurídicos são as maiores demandas desse setor.

Estas startups oferecem ferramentas que auxiliam desde a gestão financeira até mesmo o armazenamento de dados. A e-Xyon é uma das lawtechs pioneiras no mercado e de grande referência na gestão jurídica.

Resolução de conflitos online
As lawtechs voltadas para resolução de conflitos buscam facilitar não só a rotina dos advogados, mas também a vida do cliente.

Essas startups disponibilizam ferramentas que auxiliam na mediação e negociação de acordos, ou seja, reduzindo o tempo gasto durante esses processos.

O setor judiciário lida com inúmeros processos diariamente, pensando nisso, esses softwares são capazes de solucionar conflitos de forma totalmente online, diminuindo a frequência com que as pessoas precisam recorrer à justiça.
Como implementar as Lawtechs?
A busca pela tecnologia, digitalização e automação de processos é cada vez mais frequente em todos os setores do mercado.

Apesar de ser um desafio, o meio jurídico já avança nas inovações tecnológicas e a demanda por escritórios mais tecnológicos e sustentáveis aumenta de forma significativa.

Hoje em dia, grande parte dos advogados e dos escritórios de advocacia já entende a importância da transformação digital e buscam garantir seu espaço no mercado do futuro, seja por meio das lawtechs ou até mesmo com a criação de sites profissionais, registrando um domínio na web.

O primeiro passo para adentrar nas tendências da transformação digital é buscar por uma gestão mais digitalizada em todos os seus níveis. Utilizar softwares como as lawtechs são apenas uma das inúmeras formas de implementar essas tecnologias na prática.

O primeiro passo é realizar uma mudança de mindset em todo o escritório jurídico, incluindo a tecnologia e as mídias como pilar fundamental de qualquer setor do mercado, inclusive o setor jurídico.

Sobretudo, é importante investir não só nas lawtechs, mas também na criação de conteúdo em sites, blogs, registrar um domínio na web e garantir a exclusividade da sua marca pessoal e profissional.

Tudo isso irá tornar o seu trabalho reconhecido para além do espaço físico, dentre vários outros fatores e benefícios que só serão possíveis por meio da tecnologia e de um domínio registrado na web.

Tudo isso pode ser implementado de forma gradativa, porém é necessário que os advogados e empresários do meio jurídico contribuam para essas mudanças tecnológicas o quanto antes.

Conclusão
Investir na cultura de inovação é desafiador para todas as áreas do mercado, em especial para áreas mais conservadoras como o direito e o meio jurídico.

Em contrapartida, o mundo contemporâneo cobra mudanças em todas as esferas da sociedade, principalmente no mercado atual.

As lawtechs são exemplos de startups com grande futuro no mercado, algo que deverá ultrapassar os demais processos habituais dos escritórios de advocacia no futuro.

Para os advogados mais antenados e grandes empresas de advocacia, as lawtechs já fazem parte da rotina de trabalho e já mostram resultados significativos na economia de tempo e redução de custos.

De acordo com Richard Susskind, em uma entrevista para Forbes, a tecnologia promete uma década de mudanças no setor jurídico, capaz de transformar o sistema de tribunais.


*Essa publicação é de responsabilidade do autor e não representa necessariamente a opinião do Diário de Uberlândia

Notícias Relacionadas »
Comentários »