16/10/2021 às 12h00min - Atualizada em 16/10/2021 às 12h00min

Mesmo com retorno de 100% da capacidade presencial nas escolas municipais, pais ainda podem optar por ensino online

Responsáveis devem comunicar decisão à secretaria da escola; atividades presenciais voltam na próxima segunda (18)

GABRIELE LEÃO
Deliberação veio acompanhada com instruções de segurança para pais, alunos e funcionários | DIVULGAÇÃO
O retorno das aulas municipais presenciais com 100% da capacidade foram autorizadas pela Prefeitura de Uberlândia nesta semana. A deliberação veio acompanhada de instruções e informações para que pais, alunos e funcionários continuem seguros com o retorno das atividades.

A decisão do Comitê Municipal de Enfrentamento à Covid-19 foi anunciada no Diário Oficial do Município (DOM) na última quarta-feira (13). De acordo com a publicação, o retorno das aulas presenciais está previsto para a próxima segunda-feira (18).

O Município informou ainda que permanece facultativo aos pais a opção pela adesão ao ensino presencial. O ensino online continuará sendo oferecido para aqueles que optarem pela continuação das atividades remotas. Contudo, o ensino híbrido, que funcionava em sistema de rodízio com uma semana presencial e outra remota, será encerrado.

A orientação é que os pais manifestem a decisão por meio de um formulário, disponível na secretaria da escola em que o filho estiver matriculado, e assinale qual tipo de aula deseja.  A reportagem questionou a Prefeitura sobre até quanto o ensino remoto permanecerá disponível e, segundo o Município, essa decisão irá depender de uma avaliação técnica conto ao Comitê Municipal de Enfrentamento à Covid-19.
 
Segundo a Prefeitura, para o retorno das atividades presenciais com capacidade total continua obrigatório o uso de máscaras por todos os funcionários, alunos e familiares. Cada sala de aula e áreas comuns passarão por higienização completa, durante o horário de funcionamento e após a utilização por cada turma.

Também será necessário nas aulas presenciais o distanciamento de 2 metros entre alunos, professores e equipe, além do fornecimento de álcool gel. Aqueles servidores que foram afastados devido à Covid, como gestantes, não serão remanejados. Eles continuarão atuando no teletrabalho, conforme afirmou a Prefeitura.

ESCOLAS ESTADUAIS
O Diário de Uberlândia procurou a Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG) para saber qual a previsão de retorno das aulas presenciais com 100% da capacidade nas escolas estaduais de Uberlândia. Por meio de nota, foi informado que o novo Protocolo Sanitário de Retorno às Atividades, aprovado no dia 8 de outubro, já prevê a retomada das atividades com capacidade total.

A secretaria informou ainda que todas as escolas foram devidamente orientadas sobre a aplicação do novo protocolo e para prestarem esclarecimentos à comunidade escolar e aos familiares dos estudantes sobre as novidades, sendo que as unidades escolares poderão adaptar de acordo com a capacidade e estrutura de cada sala de aula e outros ambientes. Com isso, as escolas estaduais terão até o dia 20 de outubro para realizar as adequações elencadas, que serão posteriormente verificadas pelo Serviço de Inspeção Escolar. As adequações sempre deverão estar também em acordo com os protocolos municipais.

Por fim, foi ressaltado que a possibilidade de tornar as atividades presenciais obrigatórias ainda está sendo analisada pela equipe da SES e Educação, sempre de acordo com os índices epidemiológicos. O modelo de ensino híbrido adotado pela rede estadual segue com a alternância de uma semana de atividades presenciais e uma semana remota, sendo a presença na escola facultativa às famílias. Ou seja, nos casos em que os pais ou responsáveis optarem por não liberar o aluno ao ensino presencial, será mantido o regime totalmente remoto para garantir a continuidade dos estudos.

ESCOLAS PARTICULARES
O Diário tentou contato com o Sindicato das Escolas Particulares do Triângulo Mineiro (Sinep) para saber quais são os planejamentos para o retorno das aulas presenciais com 100% da capacidade, mas não teve resposta.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »