15/09/2021 às 12h04min - Atualizada em 15/09/2021 às 12h04min

Uberlândia flexibiliza horários e grande parte do comércio pode funcionar até às 23h

Deliberação publicada no Diário Oficial desta quarta-feira (15) também aumenta capacidade de ocupação para atividades religiosas

DA REDAÇÃO
Comitê de Enfrentamento á Covid-19 vem flexibilizando funcionamento do comércio gradativamente desde o fim de agosto.| Foto: VIA DRONES

O Comitê Municipal de Enfrentamento à Covid-19 em Uberlândia se reuniu nesta terça-feira (14) e flexibilizou novamente os horários de funcionamento dos comércios. A maioria dos segmentos podem funcionar até às 23h, tanto de segunda a sexta-feira, quanto aos fins de semana e feriados. A capacidade de ocupação para atividades religiosas aumentou para 50%. As mudanças foram publicadas no Diário Oficial do Município desta quarta-feira (15). A deliberação também mantém a cidade na fase intermediária do Plano Municipal de Funcionamento Econômicas (PFAE) pelo período compreendido entre 18 a 24 de setembro. 

 

Em relação às atividades religiosas, houve flexibilização na capacidade de ocupação dos locais, que agora pode ser 50%, sem restrições de horários. Diferente do limite de 30% previsto antes.

 

Supermercados, hipermercados, mercearias, açougues, peixarias, sacolões, lojas de conveniência, bares, restaurantes e lanchonetes, podem funcionar todos os dias da semana, até as 23h. Lojas do centro da cidade, bairros, shoppings e galerias, lavanderias e tinturarias também seguem o mesmo horário. 

 

Salão de beleza, barbearias, clínicas de bronzeamento, academias, centros de treinamento, quadras, campos e demais estabelecimentos voltados à prática esportiva também podem funcionar todos os dias até as 23h, entretanto com horário agendado.

Não houve alterações nos eventos sociais e corporativos, que continuam podendo acontecer em qualquer dia da semana, respeitando o limite máximo de 400 pessoas e as normas de biossegurança. A deliberação completa pode ser consultada aqui.

No dia 19 de agosto, o Comitê de Enfrentamento a Covid, suspendeu o toque de recolher e desde então vem flexibilizando gradativamente o horário de funcionamento do comércio. No último domingo (12), a taxa de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) voltados para pacientes com Covid-19 chegou a 49%. Desde então, ela se mantém em torno de 50%.

 

VEJA TAMBÉM:

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »